Grêmio respeita o Brasil de Pelotas e projeta fase final do Gauchão: “Campeonato começa agora”

Jogo vai acontecer no próximo final de semana na Arena, em Porto Alegre

Publicidade

Após vencer o Guarany dentro da Arena por 4×1 neste sábado, o Grêmio passa a pensar nas quartas de final do Gauchão e vai medir forças em jogo único, também em Porto Alegre, contra o Brasil de Pelotas, que passou no 7° lugar da fase inicial. O duelo ainda terá data definida pela Federação Gaúcha de Futebol, mas necessariamente será no próximo fim de semana.

“Podia ser qualquer outro adversário, não tem jogo fácil. Na minha visão, o campeonato começa agora. É uma adversário que nos deu problema no jogo que fizemos na primeira fase. Temos a semana cheia para nos prepararmos”, avaliou o técnico Renato Portaluppi, em coletiva, em declaração recuperada por GZH.

Em função das regras estipuladas pela FGF para a edição de 2024 do Gauchão, o Grêmio ainda terá direito a empatar com o Brasil de Pelotas para ir à semi. Quem avançar neste confronto espera o ganhador de Caxias x São José. O outro lado da chave tem Inter x São Luiz e Guarany x Juventude.

Renato pelo Grêmio
Renato está feliz pela vitória no Gauchão – Foto: Roberto Vinicius/AGAFOTO/Zona Mista

Grêmio manda recado sobre o Gauchão

Depois da coletiva de Renato, quem se manifestou foi o vice de futebol Antônio Brum, que deixou claro que ainda está engasgado com as polêmicas de arbitragem do último Gre-Nal. Segundo ele, ninguém vai tirar o Gauchão do Grêmio na “mão grande”:

“O Grêmio está extremamente preocupado com o que vem acontecendo. Eu quero deixar bem claro para a torcida do Grêmio que não vão nos tirar o Gauchão na mão grande. Não vão tirar. Talvez não seja interessante um hepta do Grêmio, depois do Novo Hamburgo ter vencido antes dos nossos seis títulos e o Inter há tanto tempo sem ser campeão”, disse Brum, para em seguida completar:

“O que aconteceu no Gre-Nal foi um escândalo. Eu nunca presenciei uma arbitragem com tantos problemas em um jogo só e isso ligou um alerta. O que aconteceu nos deixou de olhos arregalados. Na mão grande, não vão tirar. Podemos perder o Gauchão em campo, não fora”.

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul