Novo reforço mira a Libertadores, mas pede para o Grêmio não deixar o Brasileirão de lado

Tricolor vem reforçando o elenco exatamente por ter um calendário pesado

Publicidade

Campeão brasileiro pelo Atlético-MG em 2021, o centroavante Diego Costa não quer ver o Grêmio deixando de lado o Brasileirão de 2024. Em coletiva de apresentação dada na última quinta-feira, ele admitiu a importância da Libertadores, mas colocou ela no mesmo patamar do torneio nacional – competição na qual o tricolor é o atual vice-campeão.

“Todo mundo fala da Libertadores, mas o Campeonato Brasileiro também temos que querer ganhar e levar em conta”, destacou o substituto de Suárez.

O Grêmio, aliás, já bateu na trave algumas vezes, mas nunca conseguiu vencer o Brasileirão no formato de pontos corridos, que está vigente desde a temporada de 2003. A última conquista foi no ano já distante de 1996, com mata-mata na reta final.

Mais declarações de Diego Costa em sua chegada ao Grêmio

Jogar o Gre-Nal de domingo que vem

Sempre joguei clássicos e gostei de jogar clássicos ao longo da minha carreira. Não podemos atropelar as fases. Se eu estiver bem e se o treinador optar, a gente vai decidir no momento certo

Jogador de grupo

Eu sempre fui um jogador de grupo, sempre me dei com todo mundo. Joguei em grandes clubes da Europa, com jogadores de diferentes personalidades e nunca tive problema. Esse assunto começou no meu primeiro time no Brasil, onde eu tive divergências com uma pessoa específica. Gostam de inventar coisas

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas