Grêmio desaprova postura do empresário de Villasanti durante negociações: “Estranho”

Presidente Alberto Guerra tratou do assunto em coletiva dada nesta quinta-feira

Publicidade

A postura do empresário Renato Bittar em abrir possibilidade de transferência de Villasanti não caiu no agrado do Grêmio, que se manifestou nesta quinta durante coletiva do presidente Alberto Guerra. No começo da semana, o agente concedeu entrevista à imprensa do Paraguai e disse que as alternativas do volante seriam renovar com o tricolor ou se transferir à Europa – reveja aqui.

Para Guerra, esta postura do empresário foi “estranha” e o Grêmio segue desejando a permanência de Villasanti por mais tempo em Porto Alegre. Atualmente, o contrato em vigor tem validade até o fim de 2024.

Veja também:
1 De 6.000

“Não gosto de tratar renovações de forma pública nos microfones. Até estranho escutar isso do empresário do jogador. Eu antecipo que queremos manter o Villasanti no Grêmio, independente da condição financeira”, declarou Guerra.

Há algumas semanas, Villasanti e seu staff rejeitaram a primeira oferta de renovação do Grêmio, desejando um salário maior. O clube segue otimista nas conversas e não teme, por exemplo, o interesse do Palmeiras, que vem sendo citado na mídia.

Villasanti vive melhor ano pelo Grêmio

Contratado no meio de 2021 junto ao Cerro Porteño, do Paraguai, Villasanti vive a sua melhor temporada com a camisa do Grêmio, sendo um dos pilares do time treinado pelo técnico Renato Portaluppi. O paraguaio, além de tudo, tem se destacado por gols marcados no ataque.

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas