Grêmio afirma estar se esforçando para não vender duas jovens promessas: “Só no momento certo”

Direção gremista planeja o futuro e espera contar com jovens na temporada de 2024

Publicidade

A ideia do Grêmio, manifestada pelo presidente Alberto Guerra em entrevista à Rádio Gaúcha, é não vender duas jovens promessas neste momento, casos de Gustavo Martins e Cuiabano. Ambos estão sendo alvos de propostas de clubes do exterior, mas, até então, o clube tem resistido. A expectativa é de que eles possam ser até mais utilizados pelo técnico Renato Portaluppi em 2024.

“Eu não gostaria de vender, agora se eu vou vender é diferente (risos). Eu não gostaria, tenho batalhado muito, inclusive, para abrir espaço para esses jogadores. Uma das razões de não termos renovado com alguns jogadores é para abrir esse espaço para eles. Do ponto de vista do Grêmio, estamos abrindo espaço para os jogadores serem colocados em campo”, declarou o presidente.

Veja também:
1 De 5.992

Guerra quer que ambos cumpram o seguinte ciclo: mais espaço no plantel principal, retorno esportivo dentro de campo e só depois disso uma boa venda para os cofres do clube:

“Eles têm tudo para entregar do ponto desportivo em campo e depois, no momento certo, fazer a venda e poder retornar ao cofres. Infelizmente, é uma parte importante, uma realidade, de vender um ou outro jogador para poder equilibrar as contas. Eu gostaria de ver esses jogadores atuando, é um ano importante, temos quatro competições, precisamos de um elenco mais numeroso, mais qualificado, com mais de uma opção por posição. E isso passa pela manutenção deles”, ampliou.

Grêmio também acredita em outros garotos

A boa expectativa gremista para os garotos não fica apenas em Gustavo Martins e Cuaibano. O clube vê com bons olhos as presenças de Ronald, Jhonata Robert e Nathan Fernandes no plantel principal de 2024, ano em que as competições serão Gauchão, Copa Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão.

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas