Grêmio admite que Kannemann forçou o terceiro amarelo para não jogar contra o Botafogo

Zagueiro vem jogando todos os jogos e está desgastado fisicamente

Titular do Grêmio em praticamente todas as partidas, o zagueiro Walter Kannemann será desfalque no domingo, às 18h30, diante do Botafogo, no Espírito Santo, pelo Brasileirão. Ele, por orientação do técnico Renato Portaluppi, forçou o terceiro cartão amarelo durante a derrota de 2×1 para o Flamengo, no Maracanã, no Rio de Janeiro, na última quinta-feira.

“Kannemann dificilmente joga duas partidas seguidas em um período de três dias. Tomou o amarelo porque não teria condição de jogar o próximo”, argumentou Renato, durante a sua coletiva de imprensa concedida depois do confronto.

Veja também:
1 De 6.100

“Viemos de uma sequência de jogos importantes e muitas viagens. Já tivemos a lesão do Diego Costa e temos que administrar. Renato sabe administrar. Quando ele manda, temos que obedecer. Eu queria jogar todos, mas temos que pensar no time e quem for para o jogo tem que estar 100%”, comentou Kannemann à RBSTV.

Geromel pode voltar a jogar pelo Grêmio

Por outro lado, Pedro Geromel está recuperado da lesão no braço e já se colocou à disposição para jogar diante dos cariocas no domingo. Ele pode entrar automaticamente na vaga do suspenso Kannemann para fazer parceria com Rodrigo Ely.

“Já estou à disposição. Estou me sentindo muito bem. Fiz a cirurgia, mas me recuperei bem e já passou o tempo que eles pediram, que era de seis semanas. Então, estou à disposição”, projetou Geromel, que ainda não acertou a sua renovação contratual até dezembro.

Assim, uma possível escalação do Grêmio neste domingo tem: Caíque; João Pedro, Geromel, Rodrigo Ely, Reinaldo; Dodi, Pepê; Pavón, Cristaldo, Gustavo Nunes; João Pedro Galvão.

LEIA MAIS:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas