fbpx

Galhardo reforça desejo de ficar “muito tempo” no Celta e aponta diferenças: “No Brasil, tudo que você faz está errado”

Jogador emprestado pelo Inter concedeu entrevista aos canais de comunicação do Celta de Vigo

Ainda buscando o seu primeiro gol com a camisa do Celta de Vigo, da Espanha, o atacante Thiago Galhardo concedeu algumas declarações aos canais de comunicação do clube e apontou diferenças que sente na comparação com o futebol brasileiro. Emprestado pelo Inter até a metade do ano que vem, o jogador está tendo a sua primeira oportunidade na Europa com 32 anos de idade.

“Muito feliz por estar aqui, por estar compartilhando e aprendendo. É uma cultura totalmente diferente da nossa, embora a língua seja um pouco semelhante, galego e espanhol, mas a questão profissional dentro da área é totalmente diferente”, disse, antes de lamentar a forma como os jogadores são tratados no Brasil:

“Tudo que nós fazemos no Brasil é errado, já que jogamos a cada três dias e somos muito cobrados. Aqui você pode ter um resultado ruim, às vezes você joga um jogo ruim e não pode ganhar, mas aí você pode sair para comer com sua mãe, pai, amigos, sua família, sua filha ou sua esposa. É algo que me parece muito positivo e estou muito feliz. Espero estar aqui muito tempo”, declarou.

A parte “pessoal” do jogador é o que Galhardo sente como principal diferença em seus primeiros meses de Espanha:

“Acho que o jeito de ser dos fãs aqui é totalmente diferente do Brasil. Por mais que as pessoas falem que no Brasil também te dão carinho, aqui você pode viver, você pode ir a restaurantes, pode ser reconhecido, mas não tem a carga como no Brasil”, concluiu.

Negociação de Galhardo

Para tê-lo, o time espanhol topou concretizar o negócio por empréstimo de 10 meses, pagando um valor de cerca de R$ 3,2 milhões. Se quiser ter o jogador em definitivo após este prazo, precisará pagar ao Inter cerca de R$ 10 milhões. Com o colorado, Galhardo mantém vínculo até o fim de 2022.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas