Agora em novo clube, Funes Mori admite ter dito “não” e explica o motivo de ter recusado o Grêmio

Aos 32 anos, centroavante trocou o Monterrey pelo Pumas, do México

Publicidade

Alvo do Grêmio para o comando de ataque desde o final do ano passado, o centroavante argentino naturalizado mexicano confirmou nesta segunda-feira que disse “não” ao clube gaúcho. Ele agradeceu pela “oferta importante” que recebeu, mas declarou que queria continuar no México e que por isso saiu do Monterrey para ser jogador do Pumas.

“Teve outras ofertas muito importantes, agradeço sempre ao Grêmio, eles me abriram as portas, mas também tive que pensar na minha família, em mim, a melhor decisão que tomei foi ir para o Pumas”, comentou o jogador em breve coletiva à imprensa local.

Funes Mori foi um nome que cresceu na lista de observações do Grêmio desde o final do passado, já que tinha vínculo com o Monterrey apenas até o meio de 2024. Ele era encarado pela direção gremista como um potencial substituto para Suárez, que já deixou a Arena rumo ao Inter Miami, dos Estados Unidos.

https://twitter.com/SomosRayados/status/1744459026153328756

Grêmio ainda busca um centroavante

Sem Funes Mori, o Grêmio segue no mercado buscando um outro centroavante de mais “nome” que possa ocupar a vaga deixada por Suárez. Recentemente, o nome do colombiano Falcao García, hoje no Rayo Vallecano-ESP, foi oferecido, mas a direção não abriu negociações. Até o momento, as tratativas com Aboubakar, atleta camaronês do Besiktas, também não avançaram. Hoje, o principal jogador de área do elenco é o jovem André Henrique, que foi comprado junto ao Hercílio Luz-SC.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)