Ferreira, ex-Grêmio, diz estar de acordo com a paralisação do Brasileirão e lamenta vítimas

Atacante, hoje no São Paulo, morou por muitos anos no Rio Grande do Sul

Publicidade

Após o empate do São Paulo em 0x0 com o Barcelona-EQU nesta quinta-feira, pela Libertadores, o atacante Ferreira, ex-Grêmio, concedeu coletiva de imprensa e se disse favorável à decisão da CBF de paralisar o Brasileirão por duas rodadas – o campeonato voltará para todos os times a partir de junho. O jogador mostrou solidariedade aos gaúchos e à situação da dupla Gre-Nal.

“Eu, pessoalmente, estou de acordo com a paralisação do campeonato. Acho que o mais importante agora é ficar tudo bem lá no Rio Grande do Sul. Muitas pessoas perderam suas casas, pessoas que perderam vidas e acho que a paralisação do Brasileirão é importante para as equipes se reestruturarem, voltarem aos poucos a trabalhar e estarem prontas quando retornar o futebol”, disse Ferreira.

Veja também:
1 De 6.005

O atacante, aliás, viveu em Porto Alegre por muitos anos da sua carreira e esteve no profissional do Grêmio entre 2019 e 2023. Mesmo entre altos e baixos, foi um dos principais parceiros de Suárez na passagem do uruguaio pela Arena na temporada passada.

Grêmio e Inter definem retornos

Nesta sexta, o elenco do Grêmio começou a trabalhar no CT do Corinthians, em São Paulo, visando a retomada dos jogos da Libertadores. No dia 29, há partida marcada contra o The Strongest, que será jogada no Couto Pereira, em Curitiba-PR. Já o Inter faz um último treino em Porto Alegre nesta sexta e depois parte para Itu-SP, que será palco de cerca de 20 dias de treinamentos. O colorado, porém, ainda não definiu o estádio que mandará as suas partidas.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas