Ex-Grêmio, Alex Telles revela ter cicatriz causada em Gre-Nal e responde se jogaria no Inter

Atual lateral-esquerdo do Manchester United teve ótima passagem pelo Grêmio em 2013

Publicidade

Em alta no futebol europeu, vivendo a oportunidade de jogar a Premier League com a camisa do Manchester United, o lateral-esquerdo Alex Telles concedeu uma divertida entrevista ao quadro Bolívia Talk Show, do Canal Desimpedidos, do YouTube, relembrando a sempre árdua rivalidade Gre-Nal.

Gaúcho de Caxias do Sul, o jogador foi revelado pelo Juventude e já em 2013 se tornou titular absoluto do Grêmio, ganhando uma cicatriz presente até hoje na cabeça em um dos Gre-Nais disputados. Na ocasião, ele disputou uma bola aérea com um adversário e precisou fazer cirurgia de reconstrução, pegando parte da pele do lado esquerdo da cabeça.

Em 2014, o lateral foi negociado ao Galatasaray, da Turquia, onde esteve até ir para a Inter de Milão. De lá, rumou ao Porto e agora defende o Manchester United. Mesmo com uma louvável carreira na Europa, ele ainda pensa em voltar ao Brasil:

“Penso sim em voltar, antes de encerrar a carreira. E não voltaria por voltar, voltaria com objetivo de conquistar títulos no Brasil. Tenho um carinho muito especial pelo Grêmio, voltaria com certeza. Mas, não tem um clube que não jogaria. Como falei, jogaria para entrar na história do clube”, disse o jogador de 28 anos.

Perguntado se voltaria ao Inter por influência de familiares, Telles colocou novamente o Grêmio em primeiro plano: “Primeiro ligaria para o Grêmio, para ver se eles teriam uma contraproposta”.

Com Alex Telles, o Grêmio de 2013 surpreendeu fazendo uma boa campanha no Brasileirão, terminando no 2° lugar. O Cruzeiro se sagrou campeão naquela temporada.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)