Ex-atacante do Grêmio relata caos na estrutura de gigante brasileiro: “Tinha m… de gato no campo”

Kleber Gladiador revelou problemas no período que jogava no Vasco da Gama

Publicidade

Em entrevista concedida ao programa MunDu Meneses na última segunda-feira, que foi ao ar no YouTube da ESPNo ex-atacante do Grêmio, Kleber Gladiador, abriu o jogo sobre o caos que viveu na época que saiu do tricolor, em 2014, para jogar no Vasco do Gama. Ele até ajudou no acesso à Série A daquele ano pelos cariocas, mas relatou ter vivido inacreditáveis problemas de estrutura.

“Era assim. O Vasco não tinha onde treinar na época, treinava na maioria das vezes em São Januário. Cheguei lá, era Copa do Mundo, São Januário estava para a Fifa, era uma sede, então a gente não podia treinar lá. Nosso treino era em Curicica. Era no meio da favela, só os barracos. Os caras viam os treinos do barraco, uns flamenguistas gritavam. A gente treinava ali, mas no meio da favela mesmo”, contou Kleber, em declaração registrada no site da ESPN.

“A gente chegava de manhã e tomava café. A mesa para tomar café era aquelas de plástico, que o cara dobra. Botava o café, geral tomava café junto. O cara cortava o pão em cima do leite do outro, era a maior várzea. A grama de Curicica era cheia de buraco. A gente treinava lá, treinamos algumas vezes no CFZ, do Zico, que era um pouquinho melhor. Mas banho frio, banho gelado”, ampliou.

História envolve outro ex-Grêmio

Na época, o meia Douglas, que mais tarde voltaria ao Grêmio, também estava jogando no Vasco da Gama. E foi ele que explicou a Kleber um cheiro estranho que vinha do gramado a cada treino:

“Quando subo, está o Douglas lá. Perguntei: ‘O que foi, cara?’ Fazendo bobinho e ele assim (com a camisa no rosto). Perguntei: ‘Douglas, que cheiro é esse, cara?’ Ele falou: ‘Não sabe não? Aqui é cheio de m**** de gato, porque aqui tem muito rato, então botaram muito gato para pegar os ratos’. Os gatos andavam no campo à noite, então c… o campo todo. Então quando a gente ia treinar de manhã era cheio de m**** de gato. Torcida gigantesca, fanática, dava dó. Por isso que o Vasco sempre teve tantas dificuldades e caiu várias vezes”, citou Gladiador.

Com a camisa do Grêmio, Kleber atuou entre as temporadas de 2012 a 2014, sem títulos conquistados. Outros clubes de sua carreira foram São Paulo, Palmeiras, Cruzeiro e Coritiba.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas