Em “coletiva” com torcedores, Geromel cita melhor amigo no elenco e revela maior satisfação no Grêmio: “Resgate do orgulho”

Após completar 300 jogos pelo Grêmio, zagueiro respondeu perguntas feitas por torcedores

Publicidade

Após completar 300 jogos com a camisa do Grêmio na vitória de domingo passado por 2×0 diante do Caxias, na Arena, pela semi do Gauchão, Geromel foi sabatinado por torcedores gremistas que enviaram perguntas à TV do clube e pelo menos uma delas teve resposta fácil do capitão: Kannemann é, sim, o seu melhor amigo no elenco.

LEIA MAIS – Comentarista compara históricos e vê Douglas Costa acima de Taison: “Mercado europeu viu quem era melhor”

“É o Kannemann”, disse Geromel ao ser questionado sobre quem seria o jogador mais próximo a ele.

“Ele me ensinou que, se a gente tiver mais vontade que o adversário, a qualidade faz a diferença. Ele fala que o futebol argentino é muito assim. E foi assim que vencemos a Libertadores”, acrescentou o capitão no quadro da Grêmio TV.

Dentro desses 300 jogos, Geromel avalia que a sua grande satisfação foi ter ajudado o torcedor do Grêmio a resgatar o orgulho de torcer pelo clube. Como chegou entre o final de 2013 e 2014, ele ainda pegou o incômodo jejum de grandes títulos.

“Maior satisfação foi poder tirar esse jejum da torcida. Quando cheguei, eu já tinha uma filha. Ela ia pro colégio e tinha os amigos. Os pais me diziam que tentavam fazer os filhos serem gremistas, mas que eles nunca tinham comemorado títulos. Ter tido a oportunidade de conseguir isso é a maior satisfação. Acho muito legal ter resgatado o orgulho de ser gremista. Para mim é a maior satisfação”, acrescentou.

Referência defensiva, líder do elenco e ídolo da torcida, Geromel participou ativamente de toda a série recente de grandes títulos do Grêmio, com destaque à Copa do Brasil de 2016, à Libertadores de 2017 e à Recopa Sul-Americana de 2018.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)