Edenilson explica por que não fez a falta no famoso lance contra Cirino na final da Copa do Brasil

Volante tratou de vários temas vinculados ao Inter em entrevista ao jornalista Duda Garbi

Publicidade

Um marcante lance acompanhou Edenilson durante grande parte de sua caminhada com a camisa do Inter. Em 2019, ao lado de Rafael Sobis, foi driblado de forma surpreendente pelo atacante Marcelo Cirino, que deu a assistência para Rony fazer o segundo gol do título do Athletico dentro do Beira-Rio na grande final da Copa do Brasil.

Na época, Edenilson chegou a escrever um longo texto se explicando pela jogada, já que tanto ele quanto Sobis foram criticados pela torcida por supostamente terem “desistido” do lance. Agora, em recente entrevista ao jornalista Duda Garbi, ele deu mais detalhes do fato:

“Eu vinha sendo bem elogiado na época, tinha feito dois gols contra o Cruzeiro na semi. Naquele momento contra o Athletico, que já era fim de jogo, eu estava como lateral do time. Acho que era um dos últimos lances da partida e eu não quis fazer a falta, pensei em só cercar”, disse Edenilson, antes de acrescentar:

“De repente se fosse no meio do jogo eu até daria o bote para fazer a falta. Mas ali era o último lance e estava 1×1, talvez tivéssemos ainda uma chance de fazer e levar pros pênaltis. Eu achei que ele estava esperando a falta, mas teve o mérito de fazer aquela jogada”.

Edenilson deixou o Inter sem títulos

No final de 2022, o volante entendeu que havia chegado o momento correto de dar adeus ao Inter e, nisso, surgiu o Atlético-MG para fazer a sua contratação. Reserva, o jogador ainda busca o melhor espaço no Galo, embora garanta estar feliz. Recentemente, teve o seu nome ligado ao Grêmio como possibilidade para 2024.

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul