Douglas Costa “muito próximo”, papo reto com Jean Pyerre e fase de Maicon: preparador detalha casos individuais no Grêmio

Reverson Pimentel concedeu entrevista à Rádio Pachola durante a noite desta segunda-feira

Com uma série de boas notícias a dar à torcida gremista, o preparador físico Reverson Pimentel concedeu entrevista nesta segunda-feira à Rádio Pachola e detalhou casos individuais que tem em mãos como a previsão de estreia de Douglas Costa, o trabalho de recuperação de Jean Pyerre e a preparação para Maicon conseguir estar mais vezes em campo.

LEIA MAIS – Após derrota para o Grêmio, presidente do Santa Cruz lamenta definição de Guerrinha: “Somos gigantes”

Sobre Douglas, que é o grande reforço da temporada até o momento, as palavras de Pimentel não poderiam ser mais otimistas:

“O Douglas Costa se apresentou e tivemos uma conversa. A partir do terceiro dia, inserimos ele nos trabalhos com bola para ele se adaptar ao estilo do professor Tiago. Ele já faz 90% do que o grupo faz nos treinos, e está muito próximo de estrear. Não definimos data de estreia porque se algum dia ele chegar no treino com um cansaço maior a gente regride para ele não lesionar. Ele tem evoluído”, disse o profissional, antes de acrescentar:

“Vou dar uma boa notícia. Não quero colocar que a estreia será no início de julho porque pode acontecer antes. O que posso dizer hoje é que o trabalho está muito bom e vem acontecendo dentro do planejamento. O quanto antes ele vai estrear e está perto”.

Conversa franca com Jean Pyerre

Um dos primeiros atos de Pimentel ao chegar do RB Bragantino ao Grêmio foi chamar Jean Pyerre para uma conversa reservada. O objetivo era começar a entender a razão de tantas lesões musculares. Para o preparador, a realidade do meia agora já é outra:

“O Jean Pyerre me chamou atenção. Eu tive várias conversas com ele e fui bem direto. O Reverson está no Grêmio para ajudar cada atleta a chegar no seu máximo, e para isso ele precisa entender o que eu vou aplicar. Ele entendeu e a gente montou um plano”, considerou, para depois complementar:

“Ele tem trabalhado para chegar bem física e tecnicamente. Quando você muda a forma de trabalho com o atleta, você tem que ter um cuidado maior para ele não lesionar”.

Maicon

Novamente de fora por conta de desconforto muscular, Maicon tem feito trabalhos para potencializar a presença em campo e poder ter minutos principalmente nos jogos mais importantes.

“O Maicon vem treinando com o grupo, fez dois procedimentos porque estava com dores. A gente vem conseguindo preservar a condição dele, não teve mais lesões. Ele é um cara que trabalha, se doa, ele tem escutado quando precisa descansa”, concluiu Pimentel.

  • Clique aqui para entrar em um grupo de WhatsApp e acompanhar as notícias do seu time.