Jornalistas colorados tomam as dores de Barcellos e respondem Renato após alfinetada

Técnico Renato Portaluppi deu uma forte resposta ao presidente colorado

Publicidade

A coletiva do técnico Renato Portaluppi depois de Grêmio 1×0 São José, na Arena, ficou marcada pela forte resposta ao presidente colorado Alessandro Barcellos. Tudo começou quando, no início da semana, em entrevista ao jornalista Duda Garbi, o mandatário do Inter explicou a ausência do treinador Eduardo Coudet na reapresentação de janeiro e destacou que não foi por estar “jogando futevôlei na praia”.

Renato, antes de tudo, deixou claro que nunca se atrasou ou faltou por estar jogando futevôlei e ainda citou que, para jogar, é preciso ter talento e qualidade. Confira a sequência da resposta:

“Tem coisas e coisas sadias. Primeiro lugar, eu nunca cheguei atrasado ou faltei por estar jogando futevôlei. E, para você jogar, tem que ter qualidade e habilidade. Eu não conheço o presidente do Inter. Se ele passar na minha frente, não sei nem quem é. Já ouvi falar dele. Quando chegava a conta do vidraceiro para eles pagarem no Beira-Rio”, disparou Renato.

“A única questão que fez o Coudet demorar para tomar a decisão da permanência foi pessoal. E ele não se apresentou no dia da reapresentação porque ele estava tratando disso. E eu vi brincadeiras de mau gosto que eu acho que não cabem no futebol. Do tipo: ‘Cadê o Coudet? Não está na reapresentação?’. Eu acho que isso não é legal. Eu já cometi esses erros. De julgar uma posição e tal. Mas temos que ter cuidado com isso. Quem não sabia da questão particular dele, não deveria brincar. Uma coisa é se ele tivesse jogando futevôlei na praia”, disse Barcellos, na oportunidade, sem citar outros nomes.

Jornalistas colorados respondem Renato

A fala de Renato, claro, movimentou a última noite nas redes sociais e gerou algumas respostas inclusive de repórter, jornalistas e influencers colorados. Veja algumas:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)