Diego Costa deixa estádio mancando e se manifesta sobre possível lesão muscular

Centroavante vem sendo um dos principais nomes do Grêmio neste momento do ano

Publicidade

A torcida do Grêmio terminou o jogo contra o Estudiantes neste sábado, no Couto Pereira, em Curitiba-PR, preocupada com a situação do centroavante Diego Costa. Logo depois de participar do gol de Cristaldo no empate em 1×1, o experiente jogador sentiu dores musculares no adutor da coxa e precisou ser substituído em seguida por João Pedro Galvão.

Porém, na saída do estádio, ainda que estivesse levemente mancando, Diego Costa passou sorrindo em frente aos jornalistas e falou brevemente, sem parar para dar entrevista: “(A coxa) tá boa, vai ficar boa”, declarou o artilheiro do time.

Veja também:
1 De 6.005

O técnico Renato Portaluppi, por sua vez, adotou cautela durante a sua coletiva de imprensa. Ele apenas adiantou que Diego Costa, nos próximos dias, passará por exame de imagem para avaliar se existe algum tipo de lesão e qual o respectivo grau.

“Quanto ao Diego, qualquer tipo de lesão muscular, a gente precisa esperar 24 horas para os médicos fazerem um exame. Ele sentiu uma fisgada no adutor e deve fazer um exame amanhã, no máximo segunda-feira”, projetou Renato após o jogo.

Grêmio tem preocupação com centroavantes além de Diego Costa

Com André Henrique segue recuperando a lesão no tornozelo, o Grêmio permanece apenas com JP Galvão, que está em fim de contrato, como alternativa para Diego Costa. Enquanto isso, a direção trabalha no mercado para trazer um novo nome e avalia Pedro Raul, do Corinthians – veja aqui o que Renato falou sobre ele.

Assegurado nas oitavas de final da Libertadores para pegar o Fluminense em agosto, com o segundo jogo fora de casa, o Grêmio volta a atuar na quinta-feira que vem, dia 13, às 20h, contra o Flamengo, no Maracanã, pelo Brasileirão.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas