Coudet explica por que não gostou do próximo adversário do Inter na Sul-Americana

Treinador não gostaria de enfrentar o Rosario Central pelo sentimento já criado

Publicidade

O técnico Eduardo Coudet não ficou muito satisfeito com o cruzamento que o Inter terá no playoff da Sul-Americana a partir do meio de julho. Isso porque o novo rival, o Rosario Central, é um dos clubes do coração de Chacho, que jogou por lá nos tempos de atleta profissional e posteriormente iniciou a carreira de treinador no mesmo lugar entre 2015 e 2016.

“Era o único lugar onde eu não queria ir. Encontrarei um clube que amo. Minha gente. Sempre é difícil enfrentá-los. Seguramente vão ser duas partidas com um clima espetacular, como se fossem duas finais”, avaliou Coudet depois de Inter 1×0 Delfín, neste sábado, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Veja também:
1 De 5.995

Depois de perder para o Belgrano pela Sul-Americana, o Inter encaixou três vitórias seguidas nos últimos jogos diante de Cuiabá, Real Tomayapo e Delfín. E Coudet, claro, diz estar satisfeito com este rendimento do grupo de atletas que comanda:

“Me surpreendi. Não achei que íamos dar tão certo. Ganhamos três jogos. Podemos ser primeiro no Brasileirão, passamos de fases na Sul-Americana. Passamos duas fases da Copa do Brasil. Acho que merecíamos a classificação. É difícil com eles todos atrás. Tivemos 19 finalizações. Sinto que os números falam que merecíamos. Estamos fazendo um grande esforço”, finalizou.

Coudet explicou irritação

Ao final do jogo, com a classificação garantida, Coudet tentou procurar um torcedor na arquibancada e mostrou enorme irritação, precisando ser controlado por auxiliares – reveja a cena aqui. Em seguida, ele explicou o episódio na coletiva:

“Após a partida, estava buscando um gordo que não parava de me xingar. Era um. Eu estava buscando, mas já tinha saído. Às vezes um destrói um monte de coisas. Ficar gritando filha da p… quando você está classificando e se esforçando, treinando fora, viajando para todos os lados. Um xingando você 20 minutos como você ficaria? Mas não o encontrei”, disse Coudet, antes de ampliar:

“Era um idiota que não estava mais. Só isso. tenho sangue e preciso descarregar. Fazemos muito esforço. Sempre a reação é exagerada, mas sou sanguíneo”.

LEIA MAIS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas