Ex-técnico do Santos revela comportamento ruim de Soteldo: “Atos incompatíveis com um atleta”

Meia-atacante venezuelano chega para ser opção de velocidade no time do Grêmio

Publicidade

Novo reforço do Grêmio para a temporada de 2024, em que será opção de velocidade pelas pontas de ataque, o venezuelano Yeferson Soteldo chegou a ser afastado do Santos por indisciplina neste ano. Na época, o treinador era o ex-zagueiro Paulo Turra, que fez críticas ao comportamento do reforço gremista em nova entrevista concedida à Rádio Gaúcha.

A decisão do afastamento na época, porém, foi tomada pela direção e não por Turra. Ainda assim, o treinador relatou ter visto “atos incompatíveis” com um atleta profissional por parte de Soteldo:

“Comigo ele não jogou. Ele foi afastado. Eu fiquei 39 dias. Foram sete jogos em que ele não atuou. Não tenho como ter uma opinião. Ele cometeu alguns atos que não são compatíveis com um atleta de futebol”, relatou Turra nesta entrevista.

Após a demissão de Paulo Turra, o Santos contratou Diego Aguirre, que reintegrou Soteldo ao elenco e posteriormente o venezuelano seguiu no grupo até o fim do ano, fazendo parte do inédito rebaixamento da história santista.

Além de Soteldo, Turra fala de Dodi

Na mesma entrevista, Paulo Turra falou de outro jogadores que estava no Santos e foi contratado pelo Grêmio, caso do volante Dodi, também já anunciado oficialmente nos últimos dias pelo tricolor gaúcho:

“Comigo ele foi bem. Joga pelo lado direito e chuta muito bem de fora da área. É muito rápido. Lógico que, pela estatura, às vezes, no corpo a corpo, ele tem dificuldade. Tem qualidade com a bola longa. Ajuda na marcação. Está sempre dando o bote e tem muita qualidade com a bola”, afirmou.

Leia mais do Grêmio:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul