Caso Daniel Alves? Dirigente do Inter desabafa sobre “mentiras” no futebol: “Esse ambiente não é para os fracos”

Dannie Dubin, vice-presidente eleito, fez um post nas redes sociais lamentando situações do futebol

Vice-presidente eleito na chapa do presidente Alessandro Barcellos, Dannie Dubin fez uma espécie de desabafo nesta quinta-feira no seu Twitter pessoal a respeito de como dirigentes são cobrados a partir de “notícias falsas” no meio do futebol. Ele não citou qual era o gancho da reclamação, mas a interpretação de seus seguidores deu conta de que seria sobre Daniel Alves.

“A noticia é falsa; teses e mais teses são feitas a partir dela; dirigentes são tratados como burros ou incompetentes; a noticia continua sendo falsa e os fatos comprovam isso. Definitivamente, o ambiente do futebol não é para os fracos…”, escreveu o dirigente colorado.

Veja o post:

Em relação a Daniel Alves, a notícia dada em primeira mão do interesse do Inter foi do jornalista Cristiano Silva, no portal Goal. Na primeira matéria que fez sobre o tema, Silva ainda trouxe aspas com elogios ao jogador do vice de futebol colorado Emilio Papaléo – este mesmo dirigente, ao Zona Mista, negou o interesse no lateral.

Depois, o site GZH deu que o Inter havia entregue, ao empresário do atleta, uma proposta de R$ 650 mil mensais com um contrato até dezembro de 2022 para o experiente lateral. Mas, em entrevista à Rádio Gre-Nal, o executivo de futebol Paulo Bracks negou veementemente e disse que a chance da contratação seria “zero”. Neste momento, o time mais próximo de fechar com Dani Alves é o Fluminense.

  • Clique aqui para entrar no grupo do TELEGRAM para acompanhar as notícias do Inter
  • Clique aqui para entrar no grupo 11 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 20 para acompanhar as notícias do Inter.