Bruno Henrique revela brincadeira com ex-jogador do Grêmio e explica função tática no Inter

Volante vem tendo mais chances como titular do Inter neste começo de ano

Publicidade

Em alta com a camisa do Inter, tendo tido oportunidades como titular na abertura do ano e inclusive com gol marcado na recente vitória sobre o Santa Cruz, o volante Bruno Henrique concedeu entrevista à Rádio Gaúcha para repercutir sua chegada ao clube e também relembrar a relação com o goleiro Marcelo Grohe, ex-Grêmio, que foi seu colega no Al-Ittihad, da Arábia Saudita.

Grohe, com histórico vitorioso no Grêmio, “lamentou” ao saber que o amigo iria para o Rio Grande do Sul para defender o lado vermelho do estado:

“Quando eu falei para ele que estava vindo para o Inter, ele falou ‘bah, meu, vai pro Inter?’. Eu falei para ele ‘pois é, agora a gente é inimigo aí né, brincadeira, não vou mais falar com você'”, contou Bruno, mostrando otimismo com o ano do Inter:

“Acredito que esse ano o nosso grupo está mais fortalecido para poder entrar nos campeonatos e poder brigar por títulos”.

Posicionamento de Bruno Henrique no Inter

Em outro trecho da entrevista, Bruno Henrique falou sobre a parte tática do Inter, as suas funções estratégicas no meio e a parceria com Charles Aránguiz:

“Quando jogo de volante, jogo até um pouquinho mais à frente ainda. Ele gosta sempre que procure esse espaço ali no meio para poder pegar a bola rápido, para se der acionar os atacantes e fazer essa definição da jogada, sempre rodando na faixa do meio. Isso é uma coisa que ele vem pedindo para todo mundo. Reter a bola, trabalhar bem a bola, envolver o adversário, controlar o jogo. Isso que o time está começando a fazer nessa temporada e está fazendo bem”, finalizou.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)