Borré, Alario e mais? Jornalista identificado com o Grêmio pergunta sobre dinheiro do Inter: “Real Madrid do Sul?”

Inter agita os primeiros dias de 2024 com a possibilidade de reforços badalados

A possibilidade de reforços de nome no Inter, como os atacantes Rafael Borré e Lucas Alario, esquentou o debate no programa Os Donos da Bola-RS, da TV Bandeirantes, ao longo desta terça-feira. Representante do Grêmio na atração, o jornalista Diogo Rossi ironizou o potencial financeiro colorado e chamou o time do Beira-Rio de “Real Madrid do Sul”.

“Não, tudo bem, mas o Inter tem R$ 600 milhões em dívidas. E está contratando dois jogadores e um deles vale 5,5 milhões de euros. Não (inveja), não, eu só quero saber de onde veio todo esse dinheiro do Real Madrid do Sul”, disparou Rossi.

Veja também:
1 De 6.101

Como mostramos anteriormente aqui, o Inter avançou pela contratação de Lucas Alario, centroavante argentino de 31 anos e que pertence ao Frankfurt, da Alemanha. A negociação é separada da de Rafael Borré, que pertence ao mesmo clube alemão, mas está emprestado ao Werder Bremen até a metade do ano.

Borré já esteve na mira do Grêmio

Em 2021, quando ensaiava a saída do River Plate, Rafael Borré abriu negociações com o Grêmio e esteve perto do tricolor. Mas, no final das contas, não assinou o contrato proposto, pediu mais tempo e fez o tricolor – inclusive com nota oficial – sair da negociação. Posteriormente, o atacante colombiano foi para o Frankfurt, da Alemanha.

Inter quer investir cerca de R$ 47 milhões

Após ser reeleito na presidência do Inter em vitória sobre Roberto Melo, o mandatário colorado Alessandro Barcellos, no mesmo Os Donos da Bola-RS, da TV Bandeirantes, afirmou que investiria de 8 a 9 milhões de euros em contratações para 2024 – algo na casa de R$ 47 milhões.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas