Autor de narração histórica, Pedro Ernesto homenageia Sobis após anúncio de aposentadoria: “Jogador espetacular”

Narrador da Rádio Gaúcha escreveu um texto enaltecendo a história de Rafael Sobis no futebol

Até hoje lembrado pelo seu “é demais” após Rafael Sobis fazer dois gols pelo Inter diante do São Paulo, no Morumbi, pela ida da final da Libertadores de 2006, o narrador Pedro Ernesto Denardin escreveu nesta quarta-feira um texto em GZH enaltecendo a história no futebol do atacante de 36 anos, que, agora, já é um ex-jogador. Após a vitória de 2×0 do Cruzeiro na última terça sobre o Brusque, em casa, pela Série B, Sobis informou a todos a sua aposentadoria.

LEIA MAIS – Bruno Méndez enche Taison de elogios e revela qual foi a sua reação durante a briga no Gre-Nal de sábado

“Terminou, nesta semana, a carreira de um jogador espetacular. Nascido entre nós, natural de Erechim e com formação no Inter, Rafael Sobis ganhou duas Libertadores, um Brasileirão, um campeonato nacional mexicano, duas Copas do Brasil, uma Copa do Nordeste e cinco campeonatos regionais”, escreveu Pedro Ernesto, antes de completar:

“Um atacante nato, artilheiro, de bom chute e boa técnica. Mais do que isso, um cara simpático, respeitoso com todos e com a sua profissão, sempre muito profissional. Tem muito atleta jovem que precisa relembrar os principais momentos deste jogador e se inspirar nele”.

Para Denardin, Sobis deveria pensar em trilhar a carreira de treinador, mas o agora ex-atacante já declarou várias vezes que não deseja seguir no mundo do futebol.

“Sobis sempre teve boa postura pessoal e profissional. Acho que segue a carreira de treinador. Se o fizer, creio que tem grande chance de dar certo e continuar sua vida no futebol”, terminou.

Nas redes sociais, o Inter, clube pelo qual Sobis teve três passagens e venceu duas Libertadores, fez um post em tom de homenagem:

Receba as notícias do Inter em primeira mão: