Após polêmica antiga, esposa de Cortez reage na web à eliminação recorde de Nego Di no BBB: “De Deus não se zomba”

Juliana Cortez, esposa do lateral gremista, largou uma indireta na web após a saída do desafeto

Após ter atingido o temido recorde de rejeição de toda a história do Big Brother Brasil, com 98,76% dos votos, o comediante gaúcho Nego Di foi eliminado da casa nesta terça-feira e ainda virou alvo de uma indireta de Juliana Cortez, esposa do lateral-esquerdo gremista, com quem o humorista travou polêmica no ano passado envolvendo religião.

Nos storys do Instagram, Juliana fez a seguinte publicação depois da eliminação desta terça: “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba”.

A polêmica antiga

A confusão teve início quando o comediante publicou um vídeo nas redes sociais “dublando” uma pregação de Cortez na igreja:

“Hoje é dia de maldade e eu vou cruzar uma bola. Eu vou cruzar. Tem que acreditar, tem que crer. É os guri. Se Deus quiser eu vou cruzar”, zombou Di como se fosse Cortez.

Irritada, a esposa de Cortez gravou na época uma série de storys no Instagram solicitando que ele apagasse o conteúdo e ameaçando processo, mas o humorista manteve o vídeo e também rebateu.

“Estou irritada porque não aceito um tipo de brincadeira vinda de um negro pra minha família. Nego Di, é pra você mesmo. Sou pacífica e brinco com todo mundo, mas não vou admitir vindo de um negro. O Bruno está aqui desde 2017 com seis conquistas nas costas. Se ele fosse ruim assim, ele já teria ido pra outro lugar. Então primeiro respeito. Segundo, você debochou de Deus e você debochou dele. Pegou uma imagem dele dentro da Igreja pregando, coisa que você também precisa. Estou te marcando, pois você não me atende em telefone, dá caixa postal, a gente é crente, mas não é bobo. Não adianta falar que vidas negras importam e fazer isso. Vergonhoso. Você tem até meia-noite pra tirar, se não tirar o processo vai comer nas tuas costas”, disparou Juliana na ocasião.

Depois disso, Nego Di usou o Instagram para garantir que não recebeu ligações ou mensagens pedindo para apagar a brincadeira. E que, caso tivesse sido alertado em privado, teria apagado normalmente “como já fiz em outras vezes”. Cortez permanece no plantel do Grêmio e nunca se manifestou sobre o caso.

  • Clique aqui para entrar em um grupo de WhatsApp e acompanhar as notícias do seu time.

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. AceitarLer políticas

Políticas & Cookies