Hoje no Cruzeiro, William explica o que aconteceu em 2016 e pensa em voltar ao Inter: “Clube do coração”

Atualmente, lateral-direito joga no Cruzeiro e luta contra o rebaixamento do seu time

Publicidade

Titular do Inter de 2015 ao primeiro semestre de 2017, o lateral-direito William falou abertamente sobre o que viveu no clube neste período durante entrevista ao jornalista Duda Garbi. Ele admitiu ter ficado chateado por não ter sido procurado para renovar o contrato ainda na gestão de Vitorio Piffero, algo que abreviou a sua saída do Beira-Rio rumo ao Wolfsburg, da Alemanha. Hoje no Cruzeiro, o atleta também deu a sua versão sobre o rebaixamento colorado de 2016:

A saída do Inter

Eu fiquei muito triste com a minha saída do Inter. Na época, o meu contrato estava para acabar e o meu empresário foi falar com o presidente. E o presidente simplesmente c… para o meu empresário. Só disse que não venderia, nem renovaria. Renovou com outros e deixou o meu parado lá. Eu me senti muito mal, desvalorizado. Eu dava a vida pelo clube. Mas ali foi a gota d’água. Estava chateado e botei na cabeça que não ficaria mais. Não quis nem escutar a proposta depois. Eu nem quis dar entrevista sobre isso, deixei, mas o clube estava uma bagunça, estava feio

Voltaria um dia?

Fiquei magoado com as pessoas da época, não com o Inter, que é o clube do meu coração. Eu já falei isso um milhão de vezes. Já passou. E se um dia eu tiver a oportunidade de voltar ao Inter… todas as vezes eu dei a vida por essa camiseta e essa é a lembrança que eu tenho

Rebaixamento em 2016

Por muitos anos eu fiquei pensando na nossa queda. A gente tinha um time bom. Terminamos bem o 1° turno. Mas desandou de um jeito que não tem como explicar. Chute que ia na trave, o D’Ale tinha ido embora antes, a gente não conseguia. A gente tentava, mas as coisas não aconteciam. Não era salário atrasado, não foi esse o problema. Até falaram depois que a gente pediu mais dinheiro, mas não teve nada disso

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)