fbpx

Vídeo mostra Mano sorrindo com torcedores do Bragantino e zoando cabelo de técnico rival: “Vai deixar?”

Técnico Mano Menezes, do Inter, teve um momento de brincadeira com a torcida rival

Um vídeo que viralizou nas redes sociais ao longo desta segunda-feira mostra o técnico colorado Mano Menezes brincando com torcedores do Bragantino ainda no domingo, durante a vitória do Inter por 2×0 pelo Brasileirão. O “alvo” foi o técnico adversário Maurício Barbieri (foto) e o seu cabelo, ironizado por Mano ao se aproximar da grade da arquibancada.

“Você está me chamando de v… e vai deixar o Barbieri com aquele cabelo?”, brincou Mano com torcedores, saindo sorridente de volta para a área técnica.

Um outro momento curioso envolvendo Mano na partida de Bragança Paulista foi quando bateu três vezes na madeira para, supostamente, espantar o “azar” que uma pergunta de um dos repórteres poderia trazer – confira essa história aqui.

Mano, a partir da vitória, viu o seu time subir para o 7° lugar no Brasileirão com 14 pontos e agora já pensa no próximo duelo diante do Santos, quarta-feira, também fora, às 21h30. Confira mais falas do treinador em sua coletiva relatada acima:

GREVE DOS JOGADORES POR SALÁRIO

“Não tive muito trabalho para que se concentrassem no mais importante, que é a parte de campo. Desde quarta, quando transferimos o treinamento para a tarde. Não tive nenhum problema nos treinamentos. Os treinos foram realizados nos níveis que deveriam ser feitos. Não misturamos as coisas. Precisamos ter uma postura transparente e correta também internamente”

CARLOS DE PENA NO BANCO

“Tinha condições de iniciar. Foi uma escolha minha em função do histórico do adversário como mandante. Um início sempre avassalador. Precisávamos de um jogador a mais de contenção. Pena foi contratado para ser extrema e eu o convidei para ser um médio, um volante. Fico feliz pelo reconhecimento externo, pois é sinal que acertamos. Mas o Inter não tem nenhum jogador que não possa ficar no banco. E nenhum que não possa jogar”

RELACIONAMENTO COM O GRUPO

“Não é pela vitória que vamos mudar a análise dos fatos. Se perdêssemos, teriam histórias. Mas estamos maduros o suficiente para saber que o que fazemos tem consequências. No futebol a repercussão é grande. Disse isso aos jogadores também. Não falo uma coisa fora e outra lá dentro. E nesta hora, dentro do campo, quando o futebol fala, que a gente mostra. O episódio vai deixar o grupo mais forte. Exatamente como tem que ser nessa dura caminhada que é o futebol”

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas