fbpx

Valores são colocados na mesa, e direção do Atlético-MG fala da chance de negociar Keno ao Grêmio: “Faz parte do nosso grupo”

Cúpula gremista quer mais um atacante de beirada e pensou no nome de Keno, do Galo

Em busca de um atacante de beirada para a sequência da temporada, o Grêmio mirou Keno, do Atlético-MG, colocando os valores na mesa e mostrando-se convicto neste nome. Segundo o Globoesporte.com, a primeira proposta foi no valor de US$ 2 milhões (R$ 10,4 milhões) e depois subiu para US$ 3 milhões (R$ 15,7 milhões). Ainda assim, o Galo não pensa em liberá-lo.

Ao jornalista Matheus D’Avila, da Rádio Bandeirantes, o executivo de futebol atleticano Rodrigo Caetano relembrou que o atacante está nos planos do clube na temporada e que, assim, a chance deste negócio sair “é zero”:

“Óbvio que chance zero de negociarmos. Nenhuma chance! Estamos em todas as competições e o jogador faz parte do nosso grupo. Teve investimento na contratação e não tem nenhuma possibilidade de negocio”, avaliou.

Keno se recupera de lesão muscular na coxa esquerda e vem sem jogar desde o final de junho. Ele é um nome antigo na pauta do Grêmio, já que chegou a ser pedido pelo então técnico tricolor Renato Portaluppi quando estava próximo de deixar o futebol do Egito para voltar ao Brasil.

Assim como um jogador que possa atuar pelas pontas, o tricolor busca um segundo volante e um meia de articulação. Nesta semana, o clube apresentou Miguel Borja, que está regularizado e poderá jogar na segunda-feira, 20h, em casa, diante da Chapecoense.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas