Três perguntas que a direção do Inter deve responder na coletiva de imprensa desta segunda

Clube já anunciou que o dirigente Magrão falará assim que a delegação chegar de viagem

Publicidade

Como mostramos nesta reportagem aqui, o Inter anunciou uma coletiva de imprensa por volta das 18h desta segunda-feira com o diretor esportivo Magrão, assim que a delegação desembarcar na Argentina para o jogo de terça, 19h, contra o Belgrano, pela abertura da Copa Sul-Americana. Selecionamos alguns temas que deverão ser abordados na entrevista do ex-volante.

Reforços agora?

Pelas regras estipulada pela CBF no calendário anual, haverá uma “mini-janela” de transferências do dia 1° ao dia 19 de abril, onde os clubes brasileiros poderão contratar jogadores que estavam inscritos nos estaduais. Um nome em negociação com o Inter é o goleiro Fabrício, do Nova Iguaçu – saiba mais sobre ele aqui.

Qual o foco?

O Inter usará força máxima na Sul-Americana ou rodará o grupo? Em um primeiro momento, o presidente Alessandro Barcellos deixou claro que a grande prioridade de 2024 seria o Brasileirão. Mas a queda precoce na semi do Gauchão nos pênaltis para o Juventude pode gerar mudança de planos.

Futuro de Robert Renan?

Pivô da queda do Inter para o Juventude por ter errado pênalti de cavadinha, Robert Renan seguiu treinando normalmente nos dias seguintes e pediu desculpas públicas, via Instagram, na quinta-feira. Na coletiva, Magrão poderá detalhar como o clube pensará a sua utilização daqui para frente.