Torcida do Inter reclama de pênalti não dado em Enner Valencia no 1° tempo contra o Goiás; assista

Inter abriu a rodada do final de semana do Brasileirão enfrentando o Goiás fora

Publicidade

A torcida do Inter encontrou razões para reclamar da arbitragem de Braulio da Silva Machado neste sábado, na Serrinha, em Goiânia, na partida contra o Goiás pelo Brasileirão. Ainda no primeiro tempo, Enner Valencia invadiu a área na tentativa de fazer o seu primeiro gol no campeonato e acabou caindo depois de um carrinho do zagueiro Lucas Halter.

Apesar das reclamações coloradas, a arbitragem nada marcou, não revisou no VAR e deu andamento ao jogo com tiro de meta para o goleiro Tadeu.

Veja também:
1 De 5.995

https://twitter.com/gustavoborgesm/status/1698064033398612159

O Inter, aliás, vem reclamando sistematicamente de pênaltis não dados no Brasileirão nos últimos tempos. Foi assim contra o Bragantino em lance com Enner Valencia, contra o Fortaleza com Charles Aránguiz e contra o Flamengo com Pedro Henrique.

Coudet manteve Enner Valencia, mas teve que mudar o Inter

Mesmo usando os principais jogadores, o Inter foi escalado com mudanças por Eduardo Coudet em relação ao time que venceu o Bolívar, na terça-feira, no Beira-Rio, por 2×0, pela volta das quartas de final da Libertadores. Na zaga, Hugo Mallo foi mantido no lugar do lesionado Vitão, enquanto Johnny, com entorse no tornozelo direito, deu lugar a Gabriel.

O Inter entrou em campo contra o Goiás com: Rochet; Bustos, Mallo, Mercado, Renê; Gabriel, Aránguiz, Carlos De Pena, Alan Patrick, Wanderson; Enner Valencia. RESERVAS – Keiller, Anthoni, Igor Gomes, Thauan Lara, Bruno Henrique, Rômulo, Campanharo, Mauricio, Lucca, Gabriel Barros, Pedro Henrique e Luiz Adriano.

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas