Renato expõe preocupação com situação de Kannemann no Grêmio: “Não consegue”

Técnico gremista não tem conseguido escalar o argentino com frequência

Uma das ausências do Grêmio na derrota de 3×0 para o Juventude, em Caxias do Sul, no Estádio Alfredo Jaconi, neste domingo, pelo Brasileirão, foi o zagueiro Walter Kannemann. Titular absoluto do técnico Renato Portaluppi, o argentino vem sofrendo com o acúmulo de jogos e acabou sendo preservado para que não venha a ter problemas físicos mais sérios a médio e longo prazo.

Renato, em coletiva depois da derrota, admitiu uma certa preocupação com Kannemann ao dizer que ele “não consegue” fazer dois jogos seguidos quando o calendário, como agora, impõe partidas praticamente de três em três dias. O treinador também explicou as ausências de Carballo e JP Galvão em Caxias:

Veja também:
1 De 6.100

“O Kannemann não consegue fazer dois jogos seguidos de 3 em 3 dias. O Felipe (Carballo) reclamou de dores musculares. Me chamou e disse que não estava conseguindo nem treinar de dor. Então não adiantava trazer. Sobre o JP, ele procurou na quinta-feira e pediu pra ir embora. E eu levei a situação para a direção do clube. Fiquei triste, mas ao mesmo tempo falei que eu no lugar dele faria a mesma coisa. Agora ele fica treinando mais 4 ou 5 dias e vai embora”, afirmou Renato.

Renato também não levou Marchesín

Outra explicação que Renato precisou dar em sua coletiva foi a ausência do goleiro argentino Agustín Marchesín até do banco. O treinador garantiu que não existe mais rodízio de goleiros no Grêmio e que Marche é o seu titular para a temporada:

“Sobre o rodízio de goleiros, eu tenho as informações que vocês não têm. Não tem mais rodízio. Quem vem jogando é o Marchesín. Dois dias antes do jogo contra o Palmeiras, ele sentiu lesão muscular e foi fazer exame. O DM me disse que era algo parecido com a lesão anterior dele. O treinador tem que pensar em tudo. Ele jogou na quinta e tinha o jogo em seguida contra o Juventude. Antes do jogo passado, eu comuniquei que ele não jogaria para não agravar a lesão. Segurei ele para não agravar a lesão. O rodízio acabou há muito tempo”, assegurou o comandante.

Com Marchesín de volta ao time, o Grêmio, que é o 18° colocado com 11 pontos no Brasileirão, volta a jogar na quarta-feira, às 18h30, contra o Cruzeiro, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas