Renato cita “massacre” da imprensa, ameaça jornalistas e comenta partida de Ferreira: “Todos falham”

Confira os principais detalhes da coletiva de imprensa de Renato Portaluppi nesta quarta

Após a derrota de 2×1 de virada para o Athletico, na Arena, pelo Brasileirão, o técnico Renato Portaluppi concedeu coletiva com diversos assuntos, dentre eles a sua ausência na entrevista depois do último Gre-Nal no Beira-Rio. Ele criticou o “massacre” da imprensa, ameaçou jornalistas e repercutiu as vaias para Ferreira pós-jogo:

Ausência na coletiva depois do Gre-Nal

Veja também:
1 De 6.096

A única desculpa que eu tenho que pedir sobre isso é para a torcida do Grêmio. E eu te pergunto: antes de me massacrarem e me julgarem, alguém quis saber da minha versão? Ninguém. O negócio de vocês é fazerem onda. Para o nosso torcedor, eu peço desculpa. No mais, qualquer problema que a gente tem, a gente resolve internamente. Tenho que conversar com o presidente e com a direção. Não tem juiz no mundo que condena ouvindo um lado só. Esse assunto já está morto. Ou querem voltar ao assunto de uma semana atrás? O Guerra é meu irmão de muitos anos. Mas vocês gostam de criar tempestade em copo d’água. E os problemas a gente resolve internamente

Partida contra o Athletico

Não jogamos muito bem, mas merecíamos ter vencido. Estava 1×0 e tivemos duas ou três chances claras. Pecamos sim na marcação e já era previsto. Disseram que o time estava ofensivo. Eu tenho um volante que foi operado, outro está na Seleção e outro no DM. Eu trouxe dois garotos da base, que estão verdes e era um risco de colocar, precisam ser lapidados. O que me restou foi ter uma equipe ofensiva. Era o que eu tinha. Mas ninguém quer saber se eu estavam sem volantes, é mais fácil criticar. O adversário jogou bem, mas o Grêmio também. Falar que o Grêmio não tem padrão… aí fica difícil falar com vocês

RENATO Ameaça “entregar” jornalistas

Tem alguns que gostam de ver umas derrotas do Grêmio. Uns de vocês gostam. Daqui a pouco vou dar cinco minutos de fama para uns dois ou três. No tempo certo, fiquem tranquilos. Vou começar a dar os nomes e aí vamos ver

Ferreira

O Iturbe e o Besozzi saíram no intervalo pela falta de ritmo de jogo, estavam com dificuldades de voltar na marcação. O Ferreira faz parte do grupo do Grêmio. Troquei um extrema por outro. A gente tenta dar oportunidade para um, para outro. A gente procura o melhor para o clube. Infelizmente, o Ferreira não entrou tão bem assim. Falhar todo mundo falha. Aqui temos um grupo e vamos seguir trabalhando em busca dos resultados

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas