Após explicar “caso Gabigol”, Renato comenta situação de Pavón e garante: “Está feliz”

Grêmio voltou a vencer no Brasileirão ao bater o Fluminense por 1x0

Com gol de Gustavo Nunes, o Grêmio voltou a vencer no Brasileirão e bateu o Fluminense por 1×0, em Caxias do Sul, neste domingo, em jogo que representou um certo alívio para o técnico Renato Portaluppi. Em sua coletiva pós-jogo, porém, os assuntos foram diversos e ultrapassaram as quatro linhas, tocando novamente no tema da janela de transferências e reforços.

Que o Grêmio busca um novo centroavante todo mundo sabe, mas seria esse nome Gabigol, que está de saída do Flamengo? Renato, que trabalhou com ele na temporada de 2021, praticamente descartou a possibilidade com essas palavras:

Veja também:
1 De 6.100

“A janela está aí e eu tenho conversado bastante com a diretoria. Trocamos ideias. Precisamos trazer reforços e vamos trazer. Todo dia a gente escuta um nome aqui, outro ali, mas da nossa boca não sai nada. Os nomes que saem é por conta da imprensa. Eu só falo do jogador quando ele vem e assina contrato. O Gabigol é algo distante da gente pelo salário que ganha e pelas condições financeiras. Na hora certa vocês saberão os jogadores que vão vir. Mas o torcedor pode ficar tranquilo, pois estamos nos mexendo”, declarou.

A partir do dia 10 de julho, a janela reabre e os clubes poderão inscrever novos jogadores – saiba aqui as posições buscadas pelo Grêmio. O zagueiro Jemerson, por exemplo, só poderá estrear a partir desta data, já que foi comprado do Atlético-MG no último mês.

Renato fala de Pavón

Desde a lesão muscular sofrida, Pavón fez o seu melhor jogo pelo Grêmio nesta vitória sobre o Fluminense, criando situações de gol e finalizando sempre com perigo. Durante a semana, circulou rumores de uma possível saída do argentino para o futebol grego, algo descartado por Renato, que garante que o jogador está feliz em Porto Alegre.

“Ele está bem. Está voltando à melhor forma. A gente está viajando muito, para cima e para baixo, vivendo em hotel e sem tempo para treinar. Continuamos sem esse tempo. Tem jogador voltando de lesão e eles vão para os jogos ainda sem as melhores condições, pois precisamos de todo mundo. Aos pouquinhos, eles voltam à forma técnica deles, principalmente agora na nossa casa”, disse Renato, antes de complementar:

“Pavón é um jogador importante, hoje foi bem, voltou a ser aquele jogador de quando chegou no clube. Sobre as notícias que vieram da Argentina, são de lá, não saíram do Grêmio. Se ele tem algum problema ou alguma proposta, teria vindo falar comigo ou com alguém da direção. Como não veio, ele seguirá nos ajudando. Se por acaso chegar alguma oferta, nós temos dirigentes para decidirem o que é melhor. Não adianta gastar saliva com algo que não sabemos se é verdade. Mas ele está muito feliz aqui”.

Com 10 pontos, ainda na zona do rebaixamento do Brasileirão, o Grêmio jogará novamente no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, na quinta-feira, a partir das 19h, diante do Palmeiras. Dodi, suspenso, é desfalque confirmado para Renato.

Leia mais notícias:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas