fbpx

Renato comenta emoção de Maicon, fala de Abel Braga e defende fase do Grêmio: “Momento excepcional”

Confira mais detalhes da coletiva de imprensa do técnico Renato Portaluppi nesta quarta-feira

Após o empate em 1×1 entre Grêmio e Atlético-MG, na Arena, nesta quarta-feira, o técnico Renato Portaluppi, em coletiva, repercutiu a emoção demonstrada pelo volante Maicon após o jogo em razão das suas dificuldades físicas e também projetou o Gre-Nal de domingo no Beira-Rio, bem como a continuidade do Brasileirão – selecionamos as principais aspas do treinador gremista:

Momento do Grêmio:

“O que que é bom? O Grêmio tá há 16 jogos invictos, com um jogo a menos estamos no G-6. Há pouco tempo estávamos em 3 competições. Não preciso dar esse discurso toda vez, o momento do Grêmio é excepcional. Parabéns ao nosso presidente e a diretoria”

Escolhas no time:

“Ninguém conhece os jogadores melhor que o treinador. Então, quando eu coloco um jogador para começar um jogo, pode ter certeza que eu sei o que eu faço”

Briga pelo título brasileiro:

“Quantos clubes não gostariam de estar na situação do Grêmio? Na final da Copa do Brasil e disputando o Brasileirão, com os pés no chão. Se o Grêmio sair vivo nessas próximas duas rodadas, teremos condições de brigar pelo título”

Emoção de Maicon:

“Infelizmente ele (Maicon) não tem condições de começar uma partida e sempre que entra nos ajuda bastante. Mesmo machucado ele viaja com a gente, porque ele é importante para o grupo. Tem aquilo que eu falo pra vocês, tem certas coisas que eu converso só com os meus jogadores. É o caso do Maicon, a gente sabe da importância dele no grupo e jogando, nem sempre é possível”

opção por volantes:

“Nos últimos jogos pegamos adversários com uma altura boa, então reforçamos o meio-campo. Por isso o Darlan estava no banco, o Matheusinho também não jogou. Hoje eu achei melhor jogar assim”

Encontro com Abel Braga no domingo:

“Não tenho nada a ver com o Internacional, mas o Abel é meu amigo. Fico muito feliz pelo sucesso que ele voltou a fazer. Mesmo sendo nosso rival, eu torço muito pelo Abel. Sempre torci por ele e vou continuar torcendo, menos domingo”

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas