fbpx

Proposta de gigante brasileiro, queda de Luan e Renato “fera demais”: outros temas abordados por Maicon em nova entrevista

Volante concedeu uma longa entrevista ao jornalista Rica Perrone no YouTube

Ainda sem clube desde que rescindiu o contrato com o Grêmio, Maicon voltou a falar sobre o ex-clube e também de vários outros temas em uma longa entrevista dada ao jornalista Rica Perrone, no YouTube, nesta segunda-feira. No “menu”, uma proposta feita pelo Atlético-MG em 2018, uma opinião sobre o declínio técnico do amigo Luan e a ótima relação com o hoje flamenguista Renato Portaluppi.

Renato Portaluppi:

“Renato é top. Fera demais. Cada treinador tem seu jeito. O Renato, por ele ter jogado, o convívio dele com o jogador é o melhor possível. Ele se coloca no lugar do cara. E o dia a dia de trabalho ele faz como acha que deve ser. É a ideia dele e deu. Pegou nosso time lá no Grêmio cheio de garoto rápido na frente. Como não vai ser ofensivo? O ambiente era demais. Ele brincava com o Jael: “Se tu ver meu DVD, tu vai dar um tiro na tua cabeça”. Mas o Renato é sensacional”

Luan:

“Um jogador de futebol tem fases. Se manter em alto nível como Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo é muito difícil. Falo bastante com o Luan. O negócio não está andando para ele. Mas ele é um animal treinando. Está com dor, joga, treina. Não pode chutar, mas ele vai e chuta. Ele é um cara que quer. Mas as coisas não estão funcionando. Só que se falassem que ele nunca mais jogaria como em 2017, ninguém acreditaria. É fase”

Ideia de deixar o Grêmio e futuro da carreira:

“Se ganhássemos a Copa do Brasil, eu iria sair. Já vinha falando com o presidente. Aí eu buscaria novos desafios no próximo ano saindo por cima do Grêmio. Ele me pedia calma. Eu vinha de um fim de 2019 para 2020 com esses problemas físicos. Vou seguir jogando, mas farei um contrato que tenha ali que se eu me machucar muito, chega. Não precisa pagar nada, mas chega. Vou querer fazer esse acerto. Machuquei uma, duas, três… já era, rescinde e está tudo certo”

Proposta do Atlético-MG:

“Tive em 2018 uma proposta do Atlético-MG. Não balancei, porque eu queria seguir a minha história no Grêmio. Estava cada vez mais me afirmando no Grêmio. E eu queria seguir aquilo de estádio cheio, de ter o nome gritado, de ganhar títulos. Queria me despedir com o estádio cheio, mas não deu. Aconteceu isso no aeroporto fora de campo”

Confira a entrevista de Maicon:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas