fbpx

Preocupado com o ataque, Medina intensifica treinos de finalização e decide fixar Liziero como lateral-esquerdo

Treinamentos do início da semana vão dando a cara do Inter para a continuidade da temporada

O longo período sem jogos em função das recentes eliminações na primeira fase da Copa do Brasil e na semifinal do Gauchão faz com que o técnico Alexander Medina dê ênfase aos treinos de finalização no Inter. As jogadas ofensivas e de arremates a gol têm se repetido exaustivamente nos trabalhos no CT Parque Gigante, com o treinador participando ativamente dos exercícios.

Até agora, o Inter tem 14 gols marcados na temporada em exatamente 14 jogos, numa média bem tímida de 1 gol por jogo. Dessas 14 partidas, o time passou em branco em três duelos – 0x0 contra São Luiz, 2×0 para o Globo-RN e 3×0 para o Grêmio.

Os principais homens de ataque também não conseguiram deslanchar em termos de gols. Wesley Moraes marcou uma única vez, que foi na sua estreia, de pênalti, diante do União Frederiquense, no Beira-Rio. Agora, já enfrenta uma seca de mais de 500 minutos sem gols. Já David, que se encontra lesionado, marcou duas vezes até aqui.

Veja vídeos divulgados pelo próprio Inter dos trabalhos de ataque:

Em relação ao sistema defensivo, Medina vem dando a entender que continuará com a mesma formação da vitória de 1×0 sobre o Grêmio no Gre-Nal da Arena, quarta passada, pela volta da semi do Gauchão. Cuesta permanece na reserva, com Bruno Méndez em campo e Liziero fixado na lateral-esquerda.

Pelo fato de que Moisés segue se recuperando de lesão no joelho direito, a tendência é que Liziero continue atuando neste setor. Paulo Víctor, que cumpriu suspensão no último clássico, voltou à reserva após atuações irregulares no Gauchão.

O próximo jogo do Inter acontece no dia 6, às 21h30, no Equador, contra o 9 de Octubre, pela estreia no Grupo E da Copa Sul-Americana.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas