fbpx

Pode ir para o Flamengo? Direção do Grêmio fala sobre Ferreira e relembra condições: “Aí não há o que fazer”

Atacante gremista tem multa considerada baixa, o que preocupa o Grêmio a curto prazo

Com a possível saída de Michael, alvo do Al-Hilal, o Flamengo mapeia o mercado buscando opções para o mesmo setor e tem Ferreira, do Grêmio, no radar. A direção gremista garante não ter sido notificada nem procurada pelos cariocas, e se ampara na multa rescisória do atleta para a tomada de qualquer tipo de decisão.

“Se pagarem os 8 milhões de euros da multa, não há nada que possamos fazer”, resumiu um dirigente gremista em contato com a Rádio Pachola.

Já não é de hoje que o Grêmio tenta renovar o contrato de Ferreira, que vai até 2023. As conversas estão em andamento e têm como objetivo justamente ampliar o valor da multa e também a faixa salarial do atleta. Segundo GZH, Ferreira recebe cerca de R$ 140 mil e a eventual renovação ampliaria para cerca de R$ 300 mil.

“Tenho o Ferreira como uma situação importantíssima para o Grêmio. Acho que ele é um jogador fundamental para esta temporada. Estamos conversando no sentido de fazer uma readequação contratual. As relações dele com o Grêmio têm sido muito difíceis. Mas sempre se procura atuar com bom senso. Acho que ele seria uma peça importante para as campanhas que teremos estes anos. Torço muito para que tudo aquilo que está sendo trabalhado no sentido de recompor sua remuneração seja exitosa. Trabalho com essa ideia. Reputo ele um jogador essencial e fundamental para a Série B”, comentou o presidente gremista Romildo Bolzan em recente entrevista à Rádio Gaúcha.

Apesar do rebaixamento, Ferreira terminou 2021 com boas partidas, principalmente no empate em 2×2 contra o próprio Flamengo na Arena.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas