Para não perder Renato, direção do Grêmio muda estratégia e quer conversar o quanto antes: “Urgência”

Vice-presidente de futebol Paulo Luz falou sobre o tema em entrevista à Rádio Gaúcha

Apesar do técnico Renato Portaluppi declarar constantemente que deseja debater o futuro apenas depois da temporada, concluindo antes o Brasileirão e a Copa do Brasil, o Grêmio já não tem o mesmo pensamento e quer conversar logo, conforme indicou o vice-presidente de futebol Paulo Luz à Rádio Gaúcha nesta quarta-feira.

As disputas contra o Palmeiras pela decisão da Copa do Brasil estão marcadas para 28 de fevereiro e 7 de março, e a direção já não quer mais esperar até esse prazo para ter a situação resolvida.

“Pela urgência que sabemos que existe, o presidente Romildo antecipará a conversa, tendo os cuidados que temos que ter. Nosso sentimento é de continuidade, mas é uma via de duas mãos, depende do Renato também”, disse Luz, antes de acrescentar:

“Se as tratativas puderem ser antecipadas, ajuda bastante na preparação e planejamento da temporada 2021”.

Em paralelo, o Grêmio vê crescer o rumor envolvendo o interesse de outros clubes em Renato, como por exemplo o Atlético-MG, que deverá perder Jorge Sampaoli para o Olympique de Marseille, da França.

Renato está no Grêmio de forma ininterrupta desde setembro de 2016, carregando o mérito de ter tirado o clube da fila de grandes títulos com a Copa do Brasil e a Libertadores. Nesta temporada, se tornou o técnico com mais jogos comandados na história do clube.

  • Clique aqui para entrar em um grupo de WhatsApp e acompanhar as notícias do seu time.

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. AceitarLer políticas

Políticas & Cookies