Odorico Roman pede união no Grêmio, mas critica trabalho da direção: “Falta de recurso não é”

Candidato derrotado nas últimas eleições concedeu entrevista ao jornalista Farid Germano Filho

Candidato derrotado por Alberto Guerra nas eleições presidenciais do Grêmio em 2022, Odorico Roman se manifestou sobre o difícil momento do clube no Brasileirão em entrevista ao canal do jornalista Farid Germano Filho, no YouTube. O antigo dirigente, que segue como conselheiro, pediu união geral entre os gremistas para a rápida recuperação na temporada, mas não deixou de fazer críticas à atual administração. Roman, por exemplo, criticou as contratações feitas e afirmou que o Grêmio, nos anos de 2023 e 2024, teve os maiores orçamentos de sua história.

Momento do Grêmio

Veja também:
1 De 6.100

É um momento difícil, delicado, que pede união dos gremistas e apoio da torcida. Em algum momento, poderia ter tido mais apoio, mas teve o jogo mandado para Cariacica, que ficou ruim para a torcida ir. Mas o Grêmio tem condições plenas de superar isso. O que não se pode fazer é não entender que o momento é delicado. Qualquer movimento ruim, pode agravar isso. Precisa ter concentração total. O clube precisa da força de sua torcida e é isso

Recursos, contratações e trabalho da direção

Muitas coisas que aparecem no vestiário não chegam ao público, então, é muito difícil avaliar o que está acontecendo estando de fora. Uma coisa que eu posso dizer é que o Grêmio, nesses dois últimos anos, tem os dois maiores orçamentos de despesas da história. Então, falta de recurso não é. Mas pecou muito nas contratações, elevando a folha salarial em patamar que não poderia. Sou crítico ao volume de recursos gasto pelo departamento de futebol nesse momento

Gestão de Alberto Guerra

Muitas coisas foram prometidas na campanha e não foram cumpridas. E, aparentemente, não serão. Isso me deixa preocupado. O Grêmio é um grande clube e é uma grande empresa. E, como grande empresa, não se pode administrar dessa forma. Não quero fazer avaliação agora, nem colocar mais lenha na fogueira nesse momento que o clube está passando. Falar é fácil, a questão é fazer as coisas. O clube precisa da união de todos e buscar soluções para que não se passe momentos terríveis como passamos. O meu pedido para a torcida é que apoie o clube

As falas do ex-dirigente do Grêmio

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas