O valor que o Grêmio deve para Douglas Costa, que poderá ficar livre no mercado em 2024

Meia-atacante está na reta final do contrato que mantém com o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos

Publicidade

O nome de Douglas Costa voltou a aparecer no noticiário do Grêmio nesta terça-feira, já que os seus representantes soltaram nota oficial desmentindo reunião com o clube e ainda revelando que a direção não pagou os valores acertados de rescisão. O jogador rescindiu no começo de 2022, em acerto que, no total, chega na casa dos R$ 7 milhões.

O acordo entre Grêmio e Douglas Costa prevê o pagamento de parcelas de R$ 150 mil entre janeiro de 2023 e dezembro de 2026. Porém, segundo alega o staff do meia-atacante, o clube não pagou nenhum valor neste ano. Assim, a dívida é de 10 meses, resultando em R$ 1,5 milhão.

Veja também:
1 De 6.000

Douglas Costa voltou ao Grêmio em 2021 em uma contratação muito celebrada pela torcida. Mas a realidade foi bem diferente. Com polêmicas extracampo, o jogador acabou sendo um dos pivôs da trágica campanha no Brasileirão que gerou o terceiro rebaixamento da história tricolor.

E O GRÊMIO? Douglas Costa em fim de contrato

Ao sair do Grêmio, Douglas fez a opção de deixar o futebol brasileiro, acertando com o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, com quem mantém contrato válido até o final deste ano. Por conta disso, o seu 2024 ainda é incerto, podendo se transformar em um nome livre no mercado. A partir de janeiro, não haverá impeditivo contratual de fechar com outro clube do Brasil fora o Grêmio.

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas