Tem favorito? O que os jogadores e o treinador do Inter já falaram sobre o Gre-Nal 441

Já classificados à próxima fase, Inter e Grêmio disputam o primeiro lugar do Gauchão domingo que vem

Publicidade

Mantido como líder da primeira fase do Gauchão ao vencer o Novo Hamburgo por 3×1 fora de casa, o Inter passa a pensar agora única e exclusivamente no Gre-Nal de domingo que vem. O clássico de número 441 ocorre a partir das 18h, no Beira-Rio, também válido pela classificatória do estadual. O time que sair com a vitória terminará o final de semana na liderança, algo que dará vantagem nas próximas fases do campeonato.

Nas entrevistas depois do confronto no Estádio do Vale, os profissionais do Inter já começaram a tratar do Gre-Nal com uma semelhança em todos os discursos: a garantia de que não há “favoritismo” de nenhum lado antes deste novo encontro.

O que disseram os profissionais do Inter

Eduardo Coudet, técnico do Inter:O clássico não tem favorito. Acho que chegamos bem. Vamos ter uma semana completa para trabalhar. Assim, com tranquilidade vamos seguir a preparação. Continuamos trabalhando da mesma maneira, com a mesma gana. Tentamos completar o grupo e equilibrar o grupo, para que todos tenham a mesma forma

Aránguiz, volante:O grupo vai partida a partida. Estamos fazendo as coisas bem. Vamos seguir nosso trabalho no dia a dia e vamos pensar na próxima partida

Enner Valencia, centroavante:Para nós era muito importante ganhar hoje. Ganhamos e jogamos uma grande partida. Vamos tranquilos para casa para pensar no jogo seguinte que é o Gre-Nal. Temos que nos preparar bem para ganhar. Em clássico, não há favorito. São jogos diferentes. Os dois vão querer ganhar e esperamos que o Inter consiga vencer

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul