O ex-capitão do Grêmio que gostaria de ver o time novamente jogando no Olímpico

Discussão voltou à pauta recentemente, mas a tendência é que não avance

Publicidade

Fruto das dificuldades de destravar o contrato de compra da Arena, algo que se arrasta já há muitos anos, o Grêmio poderia voltar a utilizar o Olímpico ou, ao menos, não descartaria totalmente esta hipótese, segundo informou recentemente o jornalista Jocimar Farina, da Rádio Gaúcha. O possível “retorno” é tido como quase impossível nos bastidores, mas agradaria bastante um ex-capitão do time.

Trata-se do antigo zagueiro Adilson Batista, que conquistou títulos importantes pelo clube na década de 90 e conhece muito bem o Olímpico. Até porque também virou treinador do time no seu início de carreira entre as temporadas de 2003 e 2024.

Nesta quinta-feira, em entrevista concedida à Rádio Gre-Nal, ele saiu com a seguinte frase ao ser perguntado sobre o assunto dos estádios em relação ao futuro: “Vi que estão falando que podem voltar com o Olímpico. Eu sou o primeiro a estar na Geral”.

Realidade do Grêmio é a Arena

Assim que o assunto tomou forma e viralizou nos debates de redes sociais, o presidente Alberto Guerra se manifestou deixando claro que a prioridade é continuar na Arena.

“Quando a direção foi questionada sobre a possibilidade (de voltar ao Olímpico), foi colocado que nada é impossível neste momento pelo imbróglio. Mas foi dito que é muito improvável e que o Grêmio faz todos os esforços para permanecer na Arena. Essa é nossa posição”, afirmou Guerra, há duas semanas, ao site GZH.

O contrato feito para ter o novo estádio estipula que o Grêmio só passará a ter a gestão dele a partir de 2032. Para isso ocorrer, será necessária a “troca das chaves”, entregando a área do estádio Olímpico para as empresas Karagounis e OAS 26. Desde a temporada de 2013, o tricolor manda os seus jogos na Arena.

LEIA MAIS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul