Novo protesto com faixas da torcida pede para Barcellos “acordar” e cita “MAR de vergonha”

Torcida colorada novamente espalhou faixas com mensagens em tom de cobrança ao time

Publicidade

Tradicional ponto de encontro das torcidas de Inter e Grêmio a cada título conquistado, a Avenida Goethe, em Porto Alegre, voltou a receber faixas de protestos da torcida colorada na noite desta segunda-feira tendo como principais alvos o presidente Alessandro Barcellos e o técnico Miguel Ángel Ramírez.

LEIA MAIS – Alisson opina sobre trabalho de Ramírez e vê o seu próprio gol como exemplo para o Inter confiar em virada no Gre-Nal

Com o treinador colorado, foi feito um trocadilho com a mensagem “um MAR de vergonha”, enquanto a outra faixa dizia “acorda Barcellos”. O repórter Carlos Lacerda, da Rádio Gre-Nal, fez o registro no Twitter:

Na véspera do Gre-Nal de domingo, perdido de virada por 2×1 para o Grêmio no Beira-Rio, torcedores já haviam pendurado algumas faixas nos arredores do Beira-Rio com dizeres como “honra”, “raça” e “Gre-Nal é obrigação”.

Pressionado por sua própria torcida por conta dos últimos resultados, o Inter se reapresentou na manhã da segunda-feira para uma semana decisiva. Na quinta, 21h, fora de casa, o rival será o Olimpia pela Libertadores, enquanto o Grêmio, na Arena, volta a ser o rival domingo à tarde.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas