Marchesín afirma respeitar decisão de Renato, mas diz estar dando o melhor: “Quero jogar”

Goleiro argentino voltou a ser titular na estreia gremista na Libertadores da América

Publicidade

Recuperado de uma lesão muscular na coxa, o goleiro Agustín Marchesín voltou a ser titular do Grêmio na derrota de 2×0 para o The Strongest, na Bolívia, na noite da última terça-feira, pela abertura da fase de grupos da Libertadores. Depois do confronto, o argentino concedeu entrevista na saída do estádio e disse estar dando o seu melhor para poder jogar mais vezes.

“Estou dando o melhor de mim, quero jogar, estar no time. Respeito a decisão do treinador, o grande grupo de trabalho que temos. Trato de dar o melhor, apoiar a equipe que joga e obviamente que você fica triste quando vem esse resultado, porque viemos dar nosso melhor sempre. Temos que seguir trabalhando”, disse Marchesín, em declaração publicada no site Globoesporte.

“Viemos buscar os três pontos, somos uma equipe grande, mas ficamos tristes pelo resultado. Queríamos arrancar bem, mas é só o começo, teremos outros jogos pela frente. Agora temos que nos recuperar e pensar nas próximas partidas”, acrescentou, sobre a partida.

Marchesín ou Caíque?

No momento, Caíque vem sendo utilizado com mais frequência junto ao time titular, que está focado na preparação para encarar o Juventude, sábado, a partir das 16h30, na Arena, em Porto Alegre, pela grande decisão do Gauchão – a partida de ida terminou sem gols no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, no último final de semana.

Caíque do Grêmio
Caíque vem sendo titular do Grêmio – Foto: Guilherme Testa/Grêmio

Renato, no entanto, não cravou até o momento qual é o seu goleiro titular para a temporada. Depois da vitória de 2×1 sobre o Caxias, fora de casa, na abertura da semifinal estadual, o treinador despistou ao ser perguntado em coletiva de imprensa:

“O meu time não tem titular. Tenho um grupo. Dependendo do jogo e do local, pode jogar um ou outro. Estamos bem servidos de goleiros. O Marchesín está voltando de lesão muscular. E em um campo pesado como esse, não quis arriscar. O Caíque vem bem, o Grando também. O Marche não está 100% ainda, voltou faz alguns dias. Quem está dentro do clube sabe o que está acontecendo, sabe o problema dos jogadores e como eles estão. Quem conhece a condição do jogador é o treinador, o fisioterapeuta, o auxiliar. Tomo decisões para o melhor para o clube”, disse Renato, na oportunidade.

A sequência de jogos do Grêmio:

  • 6/4 – Grêmio x Juventude – Gauchão
  • 9/4 – Grêmio x Huachipato – Libertadores
  • 14/4 – Vasco x Grêmio – Brasileirão
  • 17/4 – Grêmio x Athletico-PR – Brasileirão
  • 20/4 – Grêmio x Cuiabá – Brasileirão
  • 23/4 – Estudiantes x Grêmio – Libertadores
  • 28/4 – Bahia x Grêmio – Brasileirão

LEIA MAIS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul