Magrão é citado em súmula após xingar o árbitro de derrota do Inter: “Não apita mais, seu m…”

Ex-volante, que atualmente é dirigente, ficou muito irritado neste sábado

Publicidade

Responsável por apitar Inter 0x1 Fortaleza pelo Brasileirão neste sábado, no Beira-Rio, o árbitro Yuri Cruz relatou em súmula fortes xingamentos do ex-volante e atual Gerente Esportivo colorado, Magrão, logo depois do fim da partida. O ex-jogador teria esperado a passagem do árbitro rumo ao vestiário para xingá-lo por conta de sua atuação no duelo:

“Após o término da partida, enquanto estávamos na zona mista em direção ao vestiário da arbitragem, fomos abordados por alguns dirigentes do Internacional que proferiram uma série de xingamentos em nossa direção. Identificamos o sr. Márcio Rodrigues, conhecido pelo apelido de “Magrão”, gerente de futebol do Internacional, que proferiu as seguintes palavras: “Tu é um moleque c… nunca mais vai apitar aqui seu m… não olha pra mim, filho da p… sempre quer meter a mão no Inter”, sendo contido pelos policiais quando veio de maneira agressiva para cima da equipe de arbitragem. Informo que me senti ofendido com as palavras e gestos do dirigente”, relatou o juiz.

Inter fará reclamação na CBF

Depois da partida, em breve coletiva, o diretor de futebol do Inter, José Olavo Bisol, afirmou que o clube fará uma reclamação formal à CBF nos próximos dias. A principal irritação é por um pênalti não dado em Aránguiz no fim do duelo:

“De início, é óbvio que devemos dizer que perder em casa não nos deixa feliz. Mas a gente precisa dizer que o resultado passa pelo erro de arbitragem. Foram três lances claros para, pelo menos, ir ao vídeo e analisar. Pelo menos um pênalti houve. Mas sequer foi visto no vídeo. Lá em Bragança Paulista, falamos sobre isso. E casualmente o mesmo árbitro de vídeo daquela partida era o de hoje contra o Fortaleza. Daquela vez, não fizemos pontuação alguma na CBF, mas, agora, vamos buscar na CBF que a entidade se aprofunde neste aspecto. Foi um amadorismo da arbitragem a condução naqueles lances de erro”, declarou Bisol, antes de acrescentar:

“Faremos uma análise junto ao nosso jurídico e há o protocolo da CBF para fazer a reclamação formal. Vamos querer saber o que foi dito no VAR nos lances. O que chama a atenção é que o árbitro tem a autonomia para ir ao vídeo ver os lances, mas no caso de hoje não foi. A gente precisa registrar e entender isso. Se for o caso, é pontuar fortemente para não ser prejudicado”.

Agenda do Inter

Próxima partida: Bolívar x Inter, terça, 19h, pela ida das quartas da Libertadores. Próximo jogo do Brasileirão: Flamengo x Inter, sábado, 18h30.

Leia mais notícias:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)