Luiz Adriano puxou rival “de forma agressiva” e ofereceu resistência para sair de campo, relata juiz

Atacante colorado acabou sendo expulso no fim de Goiás 0x0 Inter

Publicidade

Com poucas ações ofensivas ao entrar no time do Inter no fim do segundo tempo deste sábado, contra o Goiás, fora de casa, no empate em 0x0, o centroavante Luiz Adriano acabou expulso de campo por confusão com o zagueiro Lucas Halter, que também levou vermelho do árbitro Braulio da Silva Machado. Em súmula, o juiz relatou os motivos da expulsão e disse que o jogador do Inter ainda “ofereceu resistência” para sair

“Aos 47 minutos do 2º tempo, no momento em que a partida se encontrava paralisada, expulsei de forma direta Luiz Adriano, da equipe do Internacional, por, em ato contínuo, agarrar e puxar de forma agressiva seu adversário Lucas Halter pelo colarinho da camisa, iniciando um principio de conflito, que somente foi dissipado após a intervenção de seus companheiros”, escreveu Braulio, antes de ampliar:

Veja também:
1 De 6.006

“Informo que após a expulsão, o mesmo ofereceu resistência para deixar as imediações do campo de jogo provocando ainda outros jogadores da equipe adversária, saindo somente após solicitação dos próprios companheiros e da equipe de arbitragem”.

Expulsão de Luiz Adriano gera problema para o Inter

Por conta da parada da Data Fifa, o Inter só volta a jogar no dia 13, em casa, às 21h30, diante do São Paulo, pelo Brasileirão. Para este jogo, o técnico Eduardo Coudet passa a ter problema para montar o ataque, já que não terá o suspenso Luiz Adriano, o lesionado Pedro Henrique e também Enner Valencia, que tem compromisso com a Seleção do Equador no dia anterior e não deverá voltar a tempo. O time colorado vem de 10 jogos seguidos sem vencer no nacional.

Leia mais do Inter:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas