Lucas Silva cita conversa decisiva com Felipão por melhor fase no Grêmio e lamenta postura do Flamengo: “Acordo deveria ser respeitado”

Volante gremista concedeu entrevista coletiva durante a manhã desta segunda-feira

Antes considerado um dos principais alvos de críticas da torcida, o volante Lucas Silva vem, jogo a jogo, se firmando no meio de campo do Grêmio e sendo merecedor de alguns elogios, como os vistos depois da vitória de 2×0 diante do Ceará, na Arena, neste domingo, pelo Brasileirão. Em coletiva nesta segunda, ele dividiu os méritos da melhor fase que vem vivendo com uma conversa individual com o técnico Felipão logo no retorno do experiente treinador ao clube.

Na entrevista, o jogador gremista também opinou sobre a polêmica realização com torcida no Maracanã de Flamengo x Grêmio, na quarta, 21h30, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil – mais cedo, o STJD confirmou que não vai julgar a liminar e que a partida poderá acontecer com a presença parcial da torcida em 35% da capacidade, conforme estabelecido pelas autoridades cariocas. Confira abaixo os principais trechos da coletiva de Lucas Silva.

Tentar reverter o 4×0:

“Nosso jogo de quarta-feira tem um placar complicado de reverter, mas no futebol tudo acontece. Não sabemos qual o pensamento do nosso treinador sobre o time que vai jogar. Vamos conversar a partir de amanhã. Acertar o time e tomar as melhores medidas para os jogos de quarta e domingo”

Vitória contra o Ceará:

“A vitória dá mais confiança e deixa o ambiente mais leve, mais tranquilo. E comprova que estávamos numa crescente. Apesar de alguns tropeços. Saímos com aquele olhar e sensação de que estamos no caminho certo para tirar o Grêmio dessa situação desconfortável. O início do segundo turno vai ser primordial para isso”

Possibilidade de não entrar em campo quarta:

“Comentamos a situação de não jogar entre nós, falamos da possibilidade. Mas deixamos para a diretoria resolver. Vamos nos preparar como se houvesse mesmo a conclusão do jogo. Sabemos que tem muita coisa para acontecer lá. Os próximos dias é que vão dizer, muita coisa pode acontecer. Mas nós vamos fazer o nosso papel, que é estar preparado para o jogo”

Crítica ao Flamengo:

“Jogar com público é mais confortável. É mais motivador. Porém houve um acordo entre os clubes e acredito que isso deva ser respeitado. Até pela pandemia que teve. Mas isso é para a nossa diretoria tratar. Eles estão fazendo o trabalho deles. Nós devemos nos preocupar com a nossa parte técnica e física”

Conversa fundamental com Felipão:

“Desde a chegada do Felipão, nós tivemos uma conversa muito boa. A partir disso, falei para ele que o meu foco total era no Grêmio e que iria trabalhar para merecer oportunidades. Me preparei cada vez mais. Na parte técnica e na parte física. Entendi melhor o seu método de trabalho. Quando tive chance, procurei corresponder sem fugir das minhas características. Em conjunto com a equipe, venho em evolução e estou contente em poder ajudar nessa situação. Fico feliz com as boas atuações”

  • Clique aqui para entrar no grupo 15 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 28 para acompanhar as notícias do Grêmio.