Líder do Brasileirão com o Athletico, Cuca dá apoio aos times gaúchos: “Tem que parar”

Time paranaense venceu o Palmeiras fora de casa neste domingo por 2x0

Publicidade

Após conduzir o Athletico na vitória de 2×0 sobre o Palmeiras na Arena Barueri-SP, em resultado que manteve os paranaenses na liderança do Brasileirão, o técnico Cuca opinou sobre a continuidade dos campeonatos nacionais e deu apoio aos times gaúchos. Nos últimos dias, Inter, Grêmio e Juventude assinaram nota conjunta pedindo o adiamento de três rodadas para todas as equipes e aguardam e decisão da CBF.

Cuca colocou as vidas acima do futebol neste momento e ainda citou o quanto vai ser difícil para os times gaúchos conseguirem lidar com o calendário quando tudo isso passar:

Veja também:
1 De 5.921

“Eu sempre tento me colocar no lugar das pessoas. Penso se eu tivesse algum familiar lá, como estaria minha cabeça. Temos que pensar nisso. Os times que estão acumulando jogos para frente, o que vai acontecer com eles? Eles vão chegar e jogar sem treino? Vai estourar jogador”, disse Cuca, em declaração recuperada pelo Globoesporte.com, antes de ampliar:

“Essa sequência maluca que estão propondo, não permite isonomia, igualdade no campeonato. Na minha opinião, temos que ser justos, temos que parar”.

Cuca tem respaldo do seu clube

Institucionalmente, o Athletico dá apoio ao seu treinador e aos times gaúchos, defendendo a paralisação. Por coincidência, o Furacão já enfrentou todos os gaúchos neste começo de campeonato, perdendo para o Grêmio fora, vencendo o Inter em casa e empatando com o Juventude em Caxias do Sul.

“Nossa posição é de apoio total e restrito aos clubes gaúchos. A decisão que for melhor para esses clubes, em meio à tragédia, é o que vamos seguir”, afirmou André Mazucco, diretor de futebol do Athletico.

Trecho da nota de Inter, Grêmio e Juventude

Devido ao estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul, Sport Club Internacional, Esporte Clube Juventude e Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense enviaram ofício para a CBF solicitando o adiamento total (incluindo todas as equipes da competição) de até três rodadas do Campeonato Brasileiro Série A 2024. Os Clubes pedem compreensão e zelo para a situação, que impossibilita a realização de atividades esportivas no Estado e afeta o equilíbrio esportivo das competições“, diz os clubes gaúchos.

Leia mais:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas