Lembra dele? Aos 35, Willians brilha na Série D e lembra “fenômenos” de sua época no Inter: “Passagem muito boa”

Atualmente no Castanhal-PA, volante relembrou a passagem pelo colorado entre 2013 e 2014

Líder geral da Série D do Brasileirão, o Castanhal, do Pará, conta com uma figura bem conhecida do futebol brasileiro em seu elenco. Willians, aos 35 anos, segue roubando bolas e dando passes no meio de campo do clube paraense mantendo boas lembranças da carreira, como as construídas no Inter entre 2013 e 2014.

Titular absoluto nos dois anos de Beira-Rio, ele chegou como uma reposição a Guiñazu e depois saiu em 2015 numa troca feita com Nilton, que estava no Cruzeiro. Ao Globoesporte.com, o atleta lembrou o elenco colorado repleto de “fenômenos” na época:

“O Dunga me chamou. O Guiñazu estava indo para o Vasco e ele me chamou para suprir essa ausência. Fiquei dois anos, ganhei dois títulos gaúchos, botei o Inter na Libertadores. Joguei só com fenômenos como D’Alessandro, Kleber, Forlán, Dátolo, Índio, Juan… Foi uma passagem muito boa”, resumiu.

Willians, que depois ainda passou por Corinthians, tem um objetivo claro na carreira: colocar o Castanhal na Série C nacional. Desde que chegou ao novo clube em junho, ele só ficou de fora de uma partida, por suspensão. São oito jogos com a camisa aurinegra.

“Ainda tenho na minha vida a vontade jogar futebol. Apostei com eles aqui que colocaria o Castanhal onde devia estar, que é na Série C. Desde que cheguei fui abraçado com carinho. Estou muito feliz e espero ajudar mais o Castanhal. Tenho certeza que estaremos na Série C muito pelo trabalho que estamos fazendo”, declarou.

Relembre lances de Willians pelo Inter:

Receba as notícias do Inter em primeira mão: