Kannemann “acerta” juiz, nega entrada da maca, se levanta e é ovacionado pela torcida do Grêmio

Bastante assíduo na atual temporada, defensor argentino levou os gremistas ao delírio neste domingo

Publicidade

Uma cena na reta final da vitória de 1×0 sobre o Santos, pela estreia do Brasileirão, fez Kannemann levar os gremistas ao delírio. Mesmo caído após choque com atacante rival, ele negou a entrada da maca ao “bater” na perna do árbitro Wilton Pereira Sampaio – se o carrinho entrasse para atendimento, o jogo necessariamente seria reiniciado sem o argentino em campo.

Assim que se levantou, mesmo mostrando estar sentindo dores, Kannemann empolgou a torcida presente no Estádio Alfredo Jaconi, que começou a gritar o seu nome de forma entusiasmada:

Triunfo do Grêmio de Kannemann

A vitória do Grêmio foi construída ainda no primeiro tempo com gol do lateral-direito João Pedro, que aproveitou rebote e marcou de perna esquerda. Na comemoração, colocou uma bola por dentro da camisa e homenageou a sua mulher, que está perto de ter a filha do casal.

No segundo tempo, o tricolor teve a chance de ampliar o placar em pênalti de Messias em Cristaldo marcado por orientação do VAR. Mas Luis Suárez bateu por cima e errou o seu terceiro pênalti em quatro cobrados no Grêmio em tempo normal até agora.

Agora, o Grêmio de Kannemann tem a semana livre para treinar visando a segunda rodada do Brasileirão. O próximo jogo é sábado, 21h, diante do Cruzeiro, que iniciou o campeonato perdendo por 2×1 fora de casa para o Corinthians.

LEIA MAIS DO GRÊMIO:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)