Jean Pyerre se manifesta após jornalista informar reunião com Tiago Nunes e pedido para sair do Grêmio

Camisa 88 negou que tenha feito tal solicitação e classificou a informação como "fake"

Horas depois da informação do jornalista Vagner Martins, do Grupo Bandeirantes, dando conta de que teria pedido para sair do Grêmio, o meia Jean Pyerre usou as suas redes sociais oficiais para negar veementemente e lamentar a abordagem em um assunto “sério” como esse.

O camisa 88 tem contrato válido até 2023 e segue sendo questionado pela falta de regularidade em campo. Na última semana, teve atuação discreta contra o Brasiliense e perdeu a titularidade no jogo seguinte diante do Athletico.

Segundo Martins, Jean Pyerre teria convocado uma conversa com o técnico Tiago Nunes depois do treinamento da segunda-feira para fazer o pedido. A direção do clube ainda não se manifestou sobre o tema.

O meia garante que o assunto já pode ser rotulado como “fake”:

“Então, estou passando aqui só pra atualizar. Vou ter que me pronunciar. Qualquer coisa que eu tenha falado é mentira. É boato, qualquer história, não tem nada a ver. Independente do momento que se vive, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Essa situação é séria. Só pra dizer que é fake. Não tem história nenhuma. É sempre assim. Inventando meu nome e ligando pra algo ruim. Talvez alguém fale demais. Mas não tem nada disso e essa história é mentira. Se não sai da boca do jogador, do clube ou de alguém que representa, não tem validade”, declarou.

Jean Pyerre segue disponível para atuar e pode ser opção no jogo de quinta-feira, 19h, fora, contra o Sport Recife.

  • Clique aqui para entrar no grupo 26 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 27 para acompanhar as notícias do Grêmio.