Grêmio vê Geromel mais perto de retornar e diz não ter nada oficial na mesa por Bitello

Presidente Alberto Guerra concedeu coletiva antes do jogo diante do Vasco da Gama

Publicidade

Na mesma entrevista em que admitiu a possibilidade de saída de Walter Kannemann, o presidente do Grêmio, Alberto Guerra, atualizou outros temas relacionados ao time, como, por exemplo, o retorno de Pedro Geromel. Ainda sem jogar no ano, o defensor está evoluindo na sua recuperação e já participou de jogo-treino durante a última semana. Porém, não foi relacionado para o jogo deste domingo fora de casa contra o Vasco.

O problema de Geromel foi no joelho esquerdo, em janeiro, em que foi necessária uma cirurgia de menisco. Posteriormente, ele desenvolveu um problema ósseo no local, algo que atrasou ainda mais a sua aguardada volta ao time:

“É um atleta que ficou muito tempo fora. Ainda que já tenha feito um jogo-treino e alguns coletivos, ele precisa de mais tempo até voltar. Ninguém melhor que o treinador e o preparador físico para saber o momento certo para ele voltar”, projetou Guerra.

Ciente das situações de Geromel e Kannemann, o Grêmio se antecipou e garantiu a contratação de um novo zagueiro, o gaúcho Rodrigo Ely, de 29 anos, que estava no Almería, da Espanha. Ele também não foi relacionado para a partida contra o Vasco, mas pode ficar disponível na semana que vem.

Grêmio acredita na continuidade de Bitello

Guerra atualizou, em outro momento da entrevista, a situação do meia Bitello, que costuma ser alvo de constantes sondagens do futebol europeu. Entretando, a afirmação da direção gremista é de que, neste momento, não há nada oficial por ele:

“Pelo que sei, a presença do empresário recentemente tem a ver com a situação do Brenno. Mas do Bitello não tem novidade nenhuma. Não tem nenhuma proposta a ser analisada pelo Grêmio neste momento”, concluiu o mandatário.

LEIA MAIS:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)