Grêmio tem desfalques em viagem ao Equador, e time titular será diferente do que venceu o Inter na Arena

Delegação gremista embarca rumo ao Equador a partir das 9h desta segunda-feira, dia 5

Sem muito tempo nem para saborear a vitória de 1×0 no Gre-Nal de sábado, o Grêmio já mergulha no desafio da pré-Libertadores e inicia viagem ao Equador na manhã desta segunda-feira, a partir das 9h, para enfrentar o Independiente Del Valle a partir das 19h15 de quarta – esta é a última rodada antes do ingresso na fase de grupos da competição.

O zagueiro Kannemann, ainda com dores musculares, é o principal desfalque da delegação. Já o volante Maicon, que saiu no segundo tempo do Gre-Nal, também está preservado. A dupla fica no Brasil, assim como outros nomes ainda sem as melhores condições como Pepê, Jean Pyerre, Geromel, Paulo Miranda e Churín.

O Grêmio também informa que o técnico Renato Portaluppi teve febre, dores no corpo e garganta inflamada nas últimas horas.

Realizou novo teste de COVID-19 hoje e não viaja ao Equador. Alexandre Mendes deve comandar o time.

lateral-direito Rafinha, por sua vez, não tem condições legais de jogo para esta fase da Libertadores. Os clubes não têm a possibilidade de mudar a lista de inscritos entre uma fase e outra da chamada pré-Libertadores.

Assim, uma provável escalação gremista para quarta-feira, no Equador, será trocada em relação ao Gre-Nal, que teve Maicon desde o início. O time deve pegar o Del Valle com: Brenno; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Diogo Barbosa; Lucas Silva (Darlan), Matheus Henrique, Alisson, Pinares e Ferreira; Diego Souza.

O segundo e decisivo duelo ocorre em 14 de abril, em Porto Alegre, valendo a sonhada vaga à fase de grupos.

  • Clique aqui para entrar em um grupo de WhatsApp e acompanhar as notícias do seu time.
Deixe um comentário

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. AceitarLer políticas

Políticas & Cookies